Corrigindo rumos...

Cada vez que vivo uma nova situação em minha vida, acabo fazendo uma viagem por toda a caminhada e reavalio rumos... 
Desde a semana passada, muitas coisas estavam incomodando a minha cabeça. Precisava tomar algumas providências e retomar minhas metas. Estava começando a voltar para uma roda viva que já não me encanta mais...  Muitos começavam a me cobrar por ter optado em ser "do lar". Quase embarquei, acreditando que estava errada...  Posso garantir que levei em consideração tudo que me disseram, mas sigo o coração. 
Optei por:  Tocar piano. Não ser pianista.
                     Viver. Não ser bióloga.
                     Cuidar de minhas plantas. Não estudá-las.
                     Aprender. Não dar aulas.
                     Ser do lar. Não dona de casa.
Quero me sentir feliz e poder compartilhar minha alegria com os outros.
Aos que dizem não me reconhecer, me apresento: Renata Guidinha! "A minha voz continua a mesma, mas os meus cabelos... quanta diferença". Então, será tudo isso efeito colateral da tintura? Acho que não. Cresci.

Tocando em frente (Renato Teixeira)

Ando devagar porque já tive pressa

E levo esse sorriso porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe
Só levo a certeza de que muito pouco eu sei
Ou nada sei

Conhecer as manhas e as manhãs,

O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir

Penso que cumprir a vida seja simplesmente

Compreender a marcha e ir tocando em frente
Como um velho boiadeiro levando a boiada
Eu vou tocando dias pela longa estrada eu vou
Estrada eu sou

Conhecer as manhas e as manhãs,

O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir

Todo mundo ama um dia todo mundo chora,

Um dia a gente chega, no outro vai embora
Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

Conhecer as manhas e as manhãs

O sabor das massas e das maçãs
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir

Ando devagar porque já tive pressa

E levo esse sorriso porque já chorei demais
Cada um de nós compõe a sua história,
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

Conhecer as manhas e as manhãs,

O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir.

9 comentários:

LaReK postou o comentário número:

Sabe, Rê, por mais que as pessoas nos queiram bem ao nos questionarem, cabe a nós as nossas escolhas. E o importante é que as escolhas façam vc feliz, e mais ninguém.
Que bom que vc reavaliou tuas escolhas e continua convicta que elas ainda são as melhores opções.

Um grande beijo, queri!

Maria Luiza postou o comentário número:

Oi Renata,
agora que fiquei sabendo do seu pai!!!
Graças a Deus que ela já está em casa!!!!
Depois de uma dessas, a gente para pra pensar e repensar a vida.....
Deus te abençoe e restaure a saúde do seu pai!!!!
bjs

Lúcia Bezerra de Paiva postou o comentário número:

Alegria, alegria, Guidinha!
Papai em casa,saúde, paz, reavaliação...Aí,
vem o "lugar comum" que, geralmente, são verdaeiros : "...depois da tempestande..." o que vem?...Você sabe, e bem. Essas passagens, na vida,sempre nos fazem reavaliar as trilhas a seguir e nos dão mais coragem e resistênia.
Todas as palavras certas, no seu poetar tão dia-a-dia...com o que temos ao alcance da mão..
A vida, é um poema: chuva, paz, flor, amor, manhã...amanhã, será outro dia e temos tudo para ser feliz, sem pressa. As desventuras acontecem, basta estarmos preparados para enfrentá-las...
"Basta compreender a vida e ir tocando em frente". Tá certa!
Beijos,
Lúcia

Rô... postou o comentário número:

oi Re,

durante uns meses fiz essa escolha também,
adorei a experiência,
curti muito meu marido,
coisa que andava difícil pelo meu horário de trabalho,
aproveitei a minha casa,
os filhos,
minhas plantas,
tudo que eu amo demais...
mas,
recebi várias propostas de emprego,
todas muito boas e tentadoras,
e eu negando todas elas,

até que uma delas,
pela segunda vez,
e bem melhorada se tornou
impossível de negar,
então lá vou eu,
segunda começo tudo de novo,
mas tenho certeza que vai ser muito bom...

te dou o maior apoio,
faça o que te faz feliz!!!

beijinhos

Lúcia Bezerra de Paiva postou o comentário número:

Oi, Guidinha querida.
Ontem você esteve me visitando, e antes
de eu responder vc, Da Cadeirina, vi aqui,
dizer da minha felicidade em saber da recuperação
do seu papai e da retomada de seu seu rumo, nesse
lindo poema de otimismo para a felicidade.
Postei, meu comentário aqui...mas como a "pane"
foi geral, apagou o meu aqui (estava aguardando sua aprovação..rsrsrs) e apagou o seu lá, que é aprovado no ATO..(outro riso)...
No problem! Agora,vamos todos "TOCANDO EM FRENTE!

Beijinhos carinhosos
Bom final de semana, amiga

SIRLEY BRUCH postou o comentário número:

LINDO POEMA! QUE DEUS TE ABENÇOE GRANDEMENTE! QUE ELE TE DÊ FORÇAS E SABEDORIA PARA QUE TUDO SE RESOLVA NA SUA VIDA! BJS

ARTE DO TONINHO postou o comentário número:

OI RENATA LINDA ESA LETRA MEXE COM A NOSSA SENSIBILIDADEUM ABRAÇO DEUS COM TIGO

Nilda postou o comentário número:

**OI RENATA VIM TE AGRADECER SUA VISITA E SEU COMETÁRIO TÃO CARINHOSO, VOCE É MUITO QUERIDA.
*** ADORA ESSA MUSICA QUE VC POSTOU É LINDA!!!
****QUE DEUS ABENÇOE SEU PAIZINHO QUE ELE SE RECUPERE RAPIDINHO, E QUE DEUS DÊ MUITA SAUDE A ELE.
**FICA COM DEUS**
**BEIJOS**
**NILDA MOURA**

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...