Luz do céu...


Dia desses lendo o blog da  Ana de Geo  encontrei um sorteio onde ela convidava as pessoas a contarem suas experiências com Jesus. Li coisas muito bonitas e achei a iniciativa da Ana algo muito especial. Resolvi narrar então um pouquinho de Deus em minha vida...
Nasci, vivi e construí um lar católico onde a convivência com pessoas das mais diversas religiões nunca foi dificultada por nada. Cresci acreditando na possibilidade real de se viver o ecumenismo.
Minha avó Guidinha era uma mulher de oração constante. Mesmo quando quietinha, só de olhar para ela, sabíamos que estava conversando com Deus. O seu dia a dia tinha todo um ritual de orações e do exercício da religião ação.
Com ela adquiri o hábito de todos os dias na primeira lâmpada que acendo após o escurecer dentro de minha casa, ou quando ao entrar na mesma vindo da rua a qualquer hora, dizer “Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo e para sempre seja louvado”.
Aprendi que a oração deve ser vivida e não apenas falada.
Comemoro de forma especial o dia de minha primeira eucaristia, como o dia do acolhimento de Deus em meu coração de forma consciente, plena e eterna, por isso é uma data impossível de ser esquecida. O dia 8 de dezembro é o dia de minha celebração “Deus em mim”.
Nunca uso os termos “o meu Deus”, “o Deus em que acredito”,  "nós que conhecemos a palavra” e assim como diversos outros onde se possa fazer distinção entre homens e suas crenças, como se “o meu” fosse exclusivo ou especial de alguns.
Vejo Deus como criador e Pai de toda a humanidade, cristã ou não. Não faço distinção entre minhas filhas, então como o criador faria entre nós seus filhos? Tenho plena convicção que Deus é único para todos e assim também nos trata em nossa individualidade. Para Ele cada um de nós é filho único, sendo ao mesmo tempo o grande Pai coletivo.
A religião é apenas o idioma que usamos para nossa comunicação com Ele. Pergunto então diante desse meu conceito de religião, qual seria a língua mais correta do mundo: o português, inglês, francês, espanhol, alemão, japonês...? Cada uma é a melhor para o seu povo e o elo entre todas elas é a linguagem do amor,  que se comunica através de gestos e atitudes. A melhor religião é aquela em que seu praticante se desnuda do egoísmo, da prepotência e se torna fraterno. A melhor religião é aquela em que você consegue entender que não é o dono da verdade e se torna capaz de acreditar que a salvação não é resultado do culto que se faz ao Pai e sim da postura de fraternidade  e comunhão em que se vive com os demais seres de  sua criação. Religião é a escola. Qual a melhor? Tudo depende de quem estiver dentro dela, ministrando ou recebendo aulas...
Tudo isso apenas para relatar um dia simples e especial  em que tive a graça de sentir Deus pleno em mim... 

“Era uma tarde fria do mês de setembro, uns quatro anos atrás. O céu estava de um azul incomparável, sem nuvens e apesar do frio, havia sol, período de transição inverno/primavera. Eu estava sentada em minha cama, tomando uma caneca de café com leite bem quente. De onde estava, tinha a visão da rua, serra, vegetação e céu, através da janela. No meu silêncio contemplativo tive a minha maior experiência com Deus. Simples assim. Senti a presença Dele com toda a sua plenitude a inundar o meu ser. Esse momento foi único e maravilhoso e é um grande marco em minha vida. Quando percebi estava cantarolando baixinho...

"Tu anseias, eu bem sei, por salvação,
tens desejo de banir a escuridão.
Abre pois, de par em par teu coração e
deixa a luz do céu entrar.

Deixa a luz do céu entrar. Abre bem as portas
do teu coração. E deixa a luz do céu entrar.

Cristo, a luz do céu em ti, que habitar,
paras trevas do pecado dissipar.
Teu caminho e coração iluminar e
deixa a luz do céu entrar.

Que alegria andar ao brilho dessa luz.
Vida eterna e paz no coração produz.
Oh! Aceita agora o Salvador Jesus e 
deixa a luz do céu entrar."


Podem ter certeza que nesse dia renasci. Renasci de um parto sem dor. Um parto de puro amor!"

Não esperem Deus anunciado com toques de trombetas, Ele chega simples e sorrateiramente, basta a porta do coração estar sem trancas...

Paz e Bem!


                             Duas certezas absolutas do amor de Deus por mim!

20 comentários:

Corina postou o comentário número:

Oiii Renata querida!!! Muito obrigada pela carinho. Preciso dizer que suas duas "flores" são muito belas e devem iluminar e enfeitar o jardim do seu coração!!! Se precisar de ajuda com as modificações no blog é só me avisar, ok?! Bjoss e ótima noite!!

Corina postou o comentário número:

Haaa já ia me esquecendo: pode chegar que tem batatinha p/ todo mundo!!! hehehehe.. Bjosss

Patricia Jorge postou o comentário número:

QUE LINDO VC ESCREVEU , A GENTE PRECISA DE DEUS E HOJE ESTÁ MTO DIFICIL ENCONTRAR PESSOAS COMO VC .
PARABÉNS PELO BLOG!
BJS !!
patriciajorge.blogspot.com

Lúcia Bezerra de Paiva postou o comentário número:

Venho retribuir o abraço e absorvo, plenamente,
essa "Luz do Céu" que, realmente é para toda a Humanidade...Lá em casa, respirava-se oração:meu pai, era confrade Vicentino, Mariano, Franciscano, ou seja, pertencia à essas três Sociedades religiosas.Sua postagem, está bem de acordo com o que penso amiga: o Deus é Uno e Universal. O Amor,deve permear a vida de cada um e de todos!Deus, sem dúvida, é esse Amor...

Minha amizade, Guidinha, e meu carinho,num abraço fraterno.
Lúcia

Rô... postou o comentário número:

oi Re,

uma pessoa inteira como você,
só pode mesmo ter esse Deus
tão lindo e tão Pai,
no coração,
a luz do céu tem mesmo que entrar
em cada um de nós,
acredito no Deus que se faz
presente em todos os momentos de nossa vida,
acredito no Deus misericordioso e protetor,
no Deus que derrama bençãos
e nos inunda com Seu amor,
acredito cada dia mais,
sei que Ele não me abandona,
sabe de todos os meus pensamentos,
sentimentos e necessidades...
converso com Ele,
e lhe peço proteção,saúde e força,
e claro minha querida,
nossos filhos,
a maior certeza desse amor Divino...

muitos beijinhos
e que Deus continue abençoando
a família linda que você tem!!!

Lucinha postou o comentário número:

Renata,

Que testemunho lindo!
É isso, devemos propagar o amor de Deus, religião é escolha de cada um, e temos que respeitar.
Sempre respeitei as outras religiões, aprendi com meus pais, que são evangélicos, mas nunca descriminaram os outros.
Na fase adulta, optei pela religião Católica, que esolhi pra ser a minha.
A religião é o caminho para o nosso encontro com Deus, que nos acolhe de todas as formas.
Lindo post, amei!
Beijos

casa de professora postou o comentário número:

Renata, eu tb tive uma experiência com Deus, e é bem assim mesmo: simples como Ele...muito linda sua narração sobre o amor de Deus...bjs!

Daiana Angel. postou o comentário número:

Amei este Texto, muito lindo!

Adorei aqui e já estou seguindo, segue tbm?

nossoglamour.blogspot.com

Beijocas!

Toninho postou o comentário número:

Renata querida,muito belo o seu testemunho,também partilho com você o mesmo pensamento...Deus pertence a todos os seus filhos,independente da orientação religiosa,A,B ou C...
Estou na casa de meu filho Toninho, acabo de ler o seu texto para ele, gostou muito e já vai se tornar seu seguidor.
Minha querida,você,como sempre,consegue me emocionar..
Bjsssss e muito carinho,
Leninha

Artes da Adineia postou o comentário número:

OI MEU ANJO ,Ñ SABIA QUE VC ESTAVA DODÓI,MAIS JA ESTA MELHORA AGORA NÉ,QUE DEUS TE ILUMINE MILHA LINDA AMIGA ,OBRIGADA PELAS VISITAS E PELOS ELOGIOS QUE VC ME FAZ ,FICO MUITO FELIZ BEIJOKAS EM SEU CORAÇÃO VC É AMIGA FIÉL BJ BJ

Elaine Canha postou o comentário número:

Oi Renata
Texto maravilhoso! Parabéns
Adorei sua definição de religião (o idioma que usamos para nos comunicar com Ele).

Quanto a sair pintando tudo de vermelho e branco, por aqui não daria certo não, já que são as cores do arquirival no futebol rsrs

Vou sair pintando tudo sim, mas de branco por enquanto.

beijos e bom final de semana

Valérie Roberto postou o comentário número:

Paz e Bem!

Vim dizer obrigada pelo carinho e me sinto "invadida" (não acho palavra melhor!) por tanta fé, paz e amor. Obrigada novamente!

O "limão" é só de vez em quando que é sem açúcar.. Geralmente sai uma "torta de limão" deliciosa lá no blog!rsrsr

A paz é muito melhor do que um blog "bombando". Vai que um dia estoura?

Um beijo, Deus te abençõe e a sua família!

Volte sempre!

Eva postou o comentário número:

Renata você emociona sempre, mas hoje, compartilhando sua experiência de entrega e de amor, derrubou minhas lágrimas, que lindo, amiga, obrigado por compartilhar, sua família é linda, beijos e um belo final de semana!

Conceição postou o comentário número:

Olá Renata,

Bom demais são os teus comentários carinhosos que me deixam muitooooo feliz!
Teu texto me emocionou. Concordo plenamente.
Linda a sua família.
Beijoquinhas e um BOM fim de semana.
São

Casa Decorada postou o comentário número:

Renata amada, vim retribuir o carinho e a visita lá no CASA , te desejar um fim de semana iluminado e te agradecer por tanto carinho comigo.Querida, esse post faz com que o mais cético dos homens se emocione, que linda sua experiência com Deus, amei as palavras e me identifiquei com muito do que disse sobre o PAI.Renata, quanto ao que vc comentou lá no CASA, entendo perfeitamente sua atitude, pois sou parecida contigo, nem sempre estou inteira para partilhar dores e quando nao estou também me refugio e me calo, te entendo perfeitamente. Querida nunca disse isso, mas o meu blog não cobra palavras, nao cobra nada de quem o segue e o visita, procuro deixar a vontade quem vai lá, pois sei o quanto sou falha em comentar...tenho pouco tempo e gostaria de visitar mais meus seguidores e comentar mais , mas nem sempre consigo. E suas cirurgias, já se refez, sinto muito pelas perdas que teve ,sei bem o que isso nos causa.Conte comigo pro que der e vier ....
Se cuide direitinho. Fique com Deus minha querida.
Bj
Valeria

ELIANA-Coisas Boas da Vida postou o comentário número:

Renata que lindo depoimento uma pessoa que sente assim a presença de Deus é muito abençoado!!!
BEIJO

janeladesonho.blogspot postou o comentário número:

Oi Renata como você esta????

Percebo que passou por momentos duros , mas , com o seu relato sabe que tem o miaor de todos ao seu lado , e que Jesus o Mestre querido te cubra de bençãos , sua experiência com Deus é linda me emocionei , AMo-O também com todo o meu ser , pasesar de muitas vezxes nossas atitudes não serem dignas de sermos chamados seus filhos ... bom que sua semana seja sssim cheia de luz .



OIeeee
tem sorteio de comemoração de 2 anos do meu blog ...
, é uma forma de homenagear os amigos que estão comigo que se debruçam na minha janela , e me trazem o perfume da sua visita ... com os comentarios sempre fofos e carinhosos . Obrigada por estar comigo sempre . Bjimmm iluminado .

coreglamour postou o comentário número:

Lindo ..lindo tudo o que relatou sobre religião,sobre a presença de Deus em sua vida,me emocionei de verdade,é bom saber que Deus está presente em quem crê nele.Obrigada pela visita....volte sempre
bjosss

Fadinha postou o comentário número:

Muito bonita essa postagem. Fiquei emocionada. Que Deus abençoe o seu lar. Fique bem. Bj

Ana de Geo postou o comentário número:

Guidinha, antes de tudo, obrigada pela citação do bloguito! hehehe
Seu post é bem oportuno nesse momento em que me encontro!
Nos últimos anos, estava eu às voltas com campanhas de oração e jejum (desse eu não abro mão), tudo por causa da minha irmã Nadja, que andava afastada dos caminhos do Senhor. Tanto rebuliço, tanta agonia, lágrimas... e eu esperava ansiosamente aquele grande dia em que a Nadja se desse conta e voltasse para Jesus! Imaginava eu que isso se daria em um grande culto, em dia de festa, com visitantes, etc e etc... Mas mais uma vez Deus me mostra a sua grandeza! Em uma madrugada reservada só para isso, Nadja perde o sono e o que acontece? Tem um reencontro maravilhoso com Deus! Silenciosamente, na calma da manhã, Ele mostra a ela que sim, ainda esperava por ela! E ela voltou!
Fiquei pensando: "ela voltou mesmo? Será?" Ah, como sou fútil...
Deus não precisa de estardalhaço para falar conosco! E realmente, Ele não separa ninguém! As coisas de Deus não deixam confusão... simplesmente acontecem! A sua experiência com Deus é maravilhosa, e não é uma placa de igreja que vai me fazer pensar no contrário! Guidinha, vamos morar no mesmo céu, então acho melhor mesmo começarmos a nos dar bem logo de agora, pra lá não perdermos tempo com coisinhas pequenas, e sermos um só naquela eterna adoração ao Pai Todo Poderoso!
Continue postando aqui suas alegrias, experiências, e presentes que recebe do Senhor, Ele sim, sabe reconhecer um verdadeiro adorador!
Tenho uma dúvida: as moças das fotos, são suas meninas ou sobrinhas?
Fica na Paz!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...