"Há amor em mim"...



Hoje minha postagem faz parte da blogagem coletiva proposta pela Elaine em comemoração aos três anos do seu blog. O tema é "Há amor em mim", então parabéns Elaine pelo sucesso do blog, desejo de coração que muitas outras comemorações aconteçam e que com nossas histórias, possamos inundar a net de amor.


O meu amor de mãe é inexplicável, de filha - insuperável, de irmã -  inquestionável, de gente - muito variável...
Fico tentando entender o meu amor de mulher pelo meu amado. É uma mistura de tudo isso com o imponderável.
De onde vem esse amor por alguém que surgiu em minha vida e tomou conta de mim, como se em momento algum tivesse existido o antes? Começo a fazer uma retrospectiva de nossas vidas e vejo que mesmo nascendo em lugares e épocas diferentes, sempre convergimos para esse encontro. Tão distantes e tão próximos, tão diferentes e tão iguais, tudo tão difícil e tão fácil, tão coerente e tão incoerente ao mesmo tempo...
Sem dúvida esse amor não nos pertence. É improvável que duas pessoas tenham a capacidade de caminhar para um enlace de vidas como esse se não forem guiados pelas mãos de Deus.
Nossa história começa bem antes de nós e tenho certeza que seguirá além de nossa existência.
Acredito ser impossível encontrar alguém por aí que como eu ao invés de ser pedida em namoro, foi avisada que a partir daquele dia não deveria pensar em namorar ninguém, pois ele era meu namorado. Como assim? Isso mesmo. Sabem o que é mais absurdo? Eu aceitei. O cenário não poderia ser menos romântico - um supermercado. Ah, é bom informar que nenhum dos dois trabalhava lá.  A coisa foi mais ou menos assim:
Já nos conhecíamos, sem no entanto sermos amigos. O que tínhamos em comum era um afilhado, isso por eu ser prima da mãe da criança e ele amigo do pai da mesma. A coisa terminava aí. Nada mais. Nem mesmo morávamos na mesma cidade. Cada um tinha a sua vida que aparentemente nada tinham em comum. Pois é, a criatura aqui sai para fazer compras diversas. Para o carro em uma avenida, quase em frente ao escritório dele. Quando vi que ele estava por ali, pedi para dar uma olhada no meu carro de vez em quando, já que eu iria circular por ruas próximas. Volto ao carro para guardar algumas coisas, ele pergunta se já estou indo embora, explico que vou dar uma passadinha no supermercado próximo, mas que deixaria o carro ali mesmo, já que era só atravessar a avenida e não valeria à pena fazer essa movimentação toda. Ele concordou comigo. Fui então para o supermercado (na época Casa da Banha). Estava com o carrinho de compras circulando por entre as gôndolas quando ele chega do nada e faz o comunicado de que estávamos namorando. A coisa é tão absurda, improvável e insensata que parece ficção. Quem o conhece sabe que jamais teria uma atitude dessas. Quem me conhece sabe que nunca aceitaria algo parecido. Então o que aconteceu? Só pode ter sido um sopro de Deus que devia estar dando instruções a algum cupido sobre como agir para juntar duas pessoas a qualquer custo. O anjo deve ter duvidado que isso fosse possível e Deus resolveu mostrar que sim.
A decisão de que o namoro era definitivo e nos casaríamos, já aconteceu no primeiro dia que saímos juntos. Isso também comunicado por ele. Naquela época meus planos profissionais eram totalmente voltados para outra cidade. Ele logo se adiantou e disse que era para repensar tudo isso, pois iríamos morar aqui. Gente, isso é um absurdo, mas não questionei. Tempos depois nos casamos. Embora tudo tenha começado desse jeito maluco, seguimos o ritmo normal do processo. Namoro, noivado (onde meu pai colocou como condicionante para o realização do casório, a necessidade de termos telefone, pode?), casamento... Desde o dia do supermercado já se passaram vinte e oito anos e agradeço a Deus o fato de que "há amor em mim, ou melhor, há amor em nós", o suficiente para viver essa história por toda a eternidade.  Naquela época minha resposta foi imediata e inconsciente. Hoje começaria tudo outra vez e minha resposta seria imediata, inconsciente e sei lá mais o quê. Porque amor não se explica, não se pensa, não se questiona. Amor se vive!

Começaria tudo outra vez
Se preciso fosse, meu amor
A chama em meu peito
Ainda queima, saiba!
Nada foi em vão...
A cuba-libre dá coragem
Em minhas mãos
A dama de lilás
Me machucando o coração
Na sêde de sentir
Seu corpo inteiro
Coladinho ao meu...
E então eu cantaria
A noite inteira
Como já cantei, cantarei
As coisas todas que já tive
Tenho e sei, um dia terei...
A fé no que virá
E a alegria de poder
Olhar prá trás
E ver que voltaria com você
De novo, viver
Nesse imenso salão...
Ao som desse bolero
Vida, vamos nós
E não estamos sós
Veja meu bem
A orquestra nos espera
Por favor!
Mais uma vez, recomeçar...
             (Começaria tudo outra vez - Gonzaguinha)

Se deseja ouvir Gonzaguinha, é só clicar...

51 comentários:

Cláudia postou o comentário número:

Realmente estava escrito. Muito bonita a sua história, e o melhor disso tudo é que ainda há amor. É uma benção. Parabéns.
beijo
Cláudia

✿ chica postou o comentário número:

Puxa, que história essa.Adorei o cenário(casas da banha,rsr)

Muito legal e quase de novela,né?

Muito lindo esse AMOR!!! beijos,chica

Clara postou o comentário número:

Oi Renata...
Adorei a sua história, arrepiei...
Eu acho que nada é por acaso, tudo tem uma explicação (que não sabemos qual é), mas esse encontro já estava predestinado. Almas gêmeas se encontrando nessa vida... Não precisa dizer mais nada!!!

Beijossss

Adorei seu blog..

Rô... postou o comentário número:

oi Re,

depois de muitos problemas com meu blog,
estou voltando,
cheia de saudades,

ler você é engrandecer o meu ser,
é me sentir melhor,
me compreender como gente,
e perceber que somente o amor,
aproxima e identifica...
minha história também foi incomum,
e temos a certeza que nossos laços são muito antigos,
e que nossa história durará por toda a eternidade,
é muito bom falar de amor,
é muito bom ter amigas como você,
é maravilhoso poder conhecer e dividir...

muitos beijinhos

Tatiana Moreira postou o comentário número:

Oi Renata... Que história heim?
O amor é mesmo assim chega de forma inusitada e nos detém para toda a vida!
Felicidades para o belo casal sempre!!!
Ahhhh...Amo essa música!
Hoje o amor está colorindo a Blogosfera...Isso é maravilhoso!
Parabéns por sua participação e por deixar o amor aflorar sempre em sua vida!
Um beijo carinhoso

Pepa postou o comentário número:

Oi Renata, é a Vi, essa historia é surpreendente, mas sem duvidas seu esposo é um homem de atitude.
Amei ler o relato.
Beijos,Vi

Adriana Balreira postou o comentário número:

Renata,
Que história linda essa sua! Amo escutar essas histórias de amor. Estou precisando acreditar nesse tipo de amor. Que atitude linda a do seu marido!
Parabéns pelo amor de vcs.
Beijos
Adriana

Alessandra postou o comentário número:

Ahh o amor!!Melhor nem explicar!Para quê?Se viver o amor é muito melhor?!!Linda sua mensagem!!!
Aproveitei para te seguir!
Uma ótima tarde!
Bjo Bjo
http://eutenhopressaemuitacoisameinteressa.blogspot.com/

Celena postou o comentário número:

Que lindo texto, obrigada pela visita, seja sempre bem vinda ...bjoca.

RENATA MONTEIRO postou o comentário número:

Oi Renata...
Nossa, vim retribuir sua visita e me deparo com essa história linda... ai, ai...
Beijos mil!!!
flor-deprincesa.blogspot.com

Eva postou o comentário número:

Que lindo, Renata, maravilhosa tua história e contada por você, que adoro ler, irresistivel, amei demais o teu texto, o começo de vocês, que lindo! bjinhos, querida, parabéns!

She postou o comentário número:

Olá Renata! Que barato a história de vcs e que delícia de post! Ah me diverti tanto que me peguei aqui sorrindo e visualizando tudinho, muito bom! Minha querida, não tem jeito quando tem que ser é... Os meios quem decide é Deus! ;)
Ficou show a sua participação!
Beijo, beijo!
She

She postou o comentário número:

Ahhhhh não estou conseguindo te seguir... :( VOlto depois! Bjks

Ju Ramalho postou o comentário número:

Adoro histórias de amor! E vc passou nesse post um filme do que foi o romance de vcs! adorei!

Bjooo

Bel Rech postou o comentário número:

Danadinho esse cupido..O amor é inexplicável e nada é por acaso...
Paz e bem
Gostei e fiquei.

Joana postou o comentário número:

Renata, como vai?
Também estou participando da blogagem coletiva.
Que máximo, seu texto!
Divertido, improvável, inesperado, lindo!
Que Deus continue os abençoando.
Beijinhos carinhosos

Minéia Pacheco postou o comentário número:

Olá,

Como falava o poeta Luís de Camões "...Ah o amor... que nasce não sei onde, vem não sei como..."
Não tem como explicar as coisas do amor... Mas fiquei muito feliz com sua história, linda, linda... Que Deus continue abençoando grandemente todo esse amor de vocês!!!

Elaine Gaspareto postou o comentário número:

Renata, que estória incrível!!!em em novela isso se viu! Deliciosa, engraçada, mágica. E 28 anos não são 28 dias, né? Tempo de sobra pra provar que sim, o amor nasce e cresce onde menos se imagina...

Beijosss, e muito obrigada

Thaíza postou o comentário número:

Bela historia de amor, cultive-a muito para que dê cada vez mais flores e frutos. bjsss

Marion postou o comentário número:

História maluca e linda!!! Parabéns! Bom esse clima da blogagem coletiva, né? e,de sobra, dá pra chegar em novos blogs!!! Já tô seguindo por aqui! Abs. Marion

Lufe postou o comentário número:

Oi Renata,

Gostei demais dessa sua historia de amor....rs
Não foi um pedido, foi uma imposição e que voce teve a intuição de aceitar.
Os vinte e oito comprovam o acerto da decisão.

bjo procê

CANTINHO DA EDNA postou o comentário número:

LINDO DEMAIS. UM TANTO QUANTO ATÍPICO, CONTUDO, SUBLIME, INSPIRADOR. É PRA GENTE LER UM MONTE DE VEZES E SE EMOCIONAR... O SEU ENCONTRO COM O SEU GRANDE AMOR DARIA UM ROMANCE E TANTO E EU AJUDARIA A SE TORNAR BEST SELLER, PORQUE A HISTÓRIA VALE A PENA. GOSTEI MUITO DO QUE PERCEBI NESSAS LINHAS: HÁ AMOR EM TI, PRINCESA! BOM RESTO DE SEMANA PRA VOCÊ E PRO FELIZARDO!

Historias de mulher postou o comentário número:

Mt linda, só mesmo a Eliane para repartir com todos o amor verdadeiro! Acho q ela sabia que tinha pela frente a união de mt amor entre todas q participam, ficou lindo e melhor ganhamos novas amigas. Bem vinda ao meu amor vamos seguir colhendo e compartilhando, Amor!
bjs amiga.
Alânia Teixeira.

Leticia Carneiro postou o comentário número:

Oi Re que saudades de vc tbém...obrigado pelo recadinho, gostou da casinha, né? Deu um pouquinho de trabalho mas o sorriso da pequena fez valer a pena. Eu tbém estou ausente amiga, pois vou mudar de cidade e estou numa correria que vc nem imagina...mas logo estarei de volta se Deus quiser. Re vc tem que escrever um livro pq suas histórias são cativantes e emocionantes, o seu encontro com certeza teve ajuda de Deus... eu acredito nisso,pq Deus é amor... abençoada seja sua união sempre.Bjim`´ no seu coração.

Neli Rodrigues postou o comentário número:

Que história fantástica...e absurda.
Achei o máximo como vc e seu marido começaram o namoro, é coisa de Deus mesmo!! Tinha que ser e ele fez de tudo pra dar certo.
Bjs♥

Ana Jardim postou o comentário número:

Oi Renata,
Obrigada pela visinha no meu bloguinho e pelas palavras carinhosas que deixou por lá. Será sempre bem vinda! Foi uma delícia ler sua história de amor, gostei tanto que já fiquei por aqui.
bjokas
www.casadaanajardim.blogspot.com

Helena Silva postou o comentário número:

Renata, Deus já tinha escrito sua história. Por mais estranho que achamos, "um supermercado" e um pedido de namoro assim de queima roupa. Lindo. Realmente há amor em nós.
Beijos
Lena

janeladesonho.blogspot postou o comentário número:

Que lindo ...
o que posso desjar pra vc conhecendo sua historia de maor tão linda , é que Deus toque muitas valsas para vcs dançarem juntos , a foto ficou show , bjimmmm minha querida vc sempre me traz uma energia do bem .

Helena Silva postou o comentário número:

Achei linda sua história de amor, em um supermercado? Deus já havia escrito que deveria ser assim.Amei cada palavra sua.
Beijos
Lena
http://atelipatchcomamorbylena.blogspot.com/2011/09/ha-amor-em-mim.html

Fernanda Reali postou o comentário número:

Durando 28 anos ou mesmo que tivesse durado só 2 anos, é claro que foi amor à primeira vista. Flechados pelo cupido!

beijoooo

Maria Cândida postou o comentário número:

Oi Renata, tudo bem ?
Obrigada pela visita.
Seu texto, como sempre, está D+. Aqui em casa vc tem 2 leitoras. Minha filha, depois que leu o primeiro escrito, não largou mais. Está sempre de antena ligada.
Parabéns pelos 28 anos, estou chegando lá também.

Bj
Maria Cândida
oprazerpeloartesanato.blogspot.com

Leninha postou o comentário número:

Renata muito querida,havia,há muitos anos atrás,um programa de rádio chamado "Minha vida daria um Romance"e histórias como a sua eram encenadas por grandes artistas e o autor premiado.
Pois sua vida daria uma bela novela,sabia?Faria um sucesso enorme e seria campeã de audiência...uma história com começo,meio e final felizes.Sem tragédias,sem maldade,com muito trabalho,acredito,mas também com muito amor,companheirismo e respeito mútuo.
Parabéns,amiga!
Bjssssss e uma linda noite para você e seu amado,
Leninha

Irene Moreira postou o comentário número:

Renata

O amor não avisa quando chega... é uma coisa meio maluca ... é um amor que vem de Deus.

Linda a sua historia de amor, a sua declaraçâo. Fiquei emocionada e sem palavras. Um amor de almas gêmeas, um amor para sempre.

Parabéns a você e a Elaine por através desta Blogagem Coletiva espalha tanto amor através desta Blogosfera.

Beijos

Keilla Colombo postou o comentário número:

Morri de rir...

Como assim comunicada que tinha um namorado?
E como assim, seu pai só deixou noivar mediante uma linha telefonica?

mas fazer o que? quando o amor é para acontecer, nada impede....E quando Deus coloca a mão, abre todos os caminhos...

Que Ele continue abençoando seu casamento, Adorei o blog, e muito obrigado pelo comentário carinhoso lá no blog, te espero mais vezes por lá e pode ter certeza que estarei sempre por aqui...

Bjosss

Esplendor da Criação postou o comentário número:

Olá,
Que lindo, cada história de amor é única! O amor não necessita explicação, acontece e pronto. BJS.

Lúcia Soares postou o comentário número:

Renata, uma linda história de amor. Adoro a música. Ontem fiz 37 anos de casada e...começaria tudo outra vez! (mudaria em algumas coisas, queria que ele fosse diferente em outras...).
Lindo post.

Iara postou o comentário número:

Que linda história, linda e mágica.
Um amor assim com certeza é eterno e deve realmente encher de amor teu coração e se propagara pela família inteira.
Beijos

Rê Furlan postou o comentário número:

Rê, amei, amei ler sua história! Gente, tô aqui rindo sozinha imaginando vcs no supermercado! Q delícia gente! Parabéns ao casal... bjo da Rê =p

Paty Chuchu postou o comentário número:

Oiiii nossa que Linda sua historia, Tai mais uma prova de que o tiver que ser Sera e que Deus está sempre no controle!! Linda, emocionante e cheia de Amor!! Parabens!!! Obrigada pela visita la no meu cantinho !! Beijocas

Mônica postou o comentário número:

Renta
E a história de amor mais linda que já li.
Eu fiquei com os olhos iluminados.
Vou guardar pra contar pras minhas irmãs.
um abraço de sua amiga Monica

Marta Andrade postou o comentário número:

Ah! O AMOR é tão idependente que ele mesmo traça o rota para unir as almas. Linda a rota que o amor tracou para unir vocês,e que bom que vocês fizeram a parte que lhes cabia "cultivar"
Eu estava faceira porque não tinha chorado até o final da postagem. ( palmas pra mim)
Agora to chorando porque ao som deste bolero ver a meia e o rosto da sua filha (parece sorriso de criança de 2 anos quando faz arte). Concordo com você, amo cada momento, da minha vida.

claudete postou o comentário número:

Realmente o amor não se explica se vive e você mostrou como existe amor dentro de você e quando é compartilhado desta forma, cresce , se expande e envolve tudo que te cerca . Parabéns!

LILIANE postou o comentário número:

menina....
eu fiquei aqui rindo, e feliz da vida porque o amor é algo magico mesmo.
surpreende a gente, né.
queria lhe agradecer palavras tão gentis lá no Sonhar e Ser.
puxa... fiquei feliz demais da conta com tua visita.
e conhecê-la
ver a qualidade de ser humano que é só me encheu de alegria.
Viva o Amor.
beijos procê

Lucinha postou o comentário número:

Renata,

Desculpe-me pela demora em comentar. Eu estava navegando pelo Chrome e aparecei aquela coisa do Malware. Agora, estou navegando pelo Mozilla e acho que vou conseguir comentar. RS

Menina, eu estou derretendo aqui com essa linda história de amor. Os dois foram muito decididos desde o começo. Como você relatou, foi a mão de Deus sobre vocês.
Casas da Banha? Amiga, realmente tem bastante tempo.RS
Que Deus continue abençoado os eu matrimônio e sua família.
Beijos

Dilti Xavier Lopes postou o comentário número:

Puxa Renata, esta história parece um conto de fadas...risos. É uma pena eu nunca ter vivido nada igual.
Parabéns por esta história bonita e divertida (sim, dei boas risadas imaginando as cenas).
É muito bom saber que o amor é a mais poderosa e bela força da natureza. Sua história comprova isto.
Beijos,
Dilti

Elaine Cunha postou o comentário número:

Olá, Renata!
Ah, verdadeiro conto de fadas, né?
Muito bom saber que o amor vende tudo!
beijos, Elaine Cunha

Nina postou o comentário número:

Oi Renata, obrigada pela visita.

Menina, fiquei impressionada com essa história de amor, comecada assim, com tantas "coincidências". Que é isso?? mt legal e realmente, impressionante. Ele foi bem ousado né? O que ele diz sobre isso hoje? O que o moveu assim, tao subitamente, a já pedir em namoro uma "desconhecida"?
Uau! Como vc disse talvez já existisse mesmo antes de vcs saberem...
Esse amor veio mesmo pra ficar, heim? Lindo!

Turquezza postou o comentário número:

Sortudaaaaa!!!!! Parabéns! Ganhou o lindo livro de receitas lá na Elaine. Muito legal. Beijos.

Marta Andrade postou o comentário número:

Ei Renata você é a felizarda que ganhou o prêmio?!
Parabéns
Cut beijos

Vinicius Valente postou o comentário número:

Oi Renata!!!!

simpatizei-me muito com seu blog aconchegante e especial. Já fui com a sua foto, pois você se parece muito com a minha professora da 1ª série *---* Ano que vem fará 10 anos que ela me deu aula, mas eu jamais a esquecerei!! Vc acredita que a minha mãe virou amiga dela de tanto que eu e ela nos gostávamos? rs Pena que mudei pra outra cidade e nunca mais a vimos "/

Mil desculpas pela demora em retribuir-lhe o comentário! Estava sem tempo nenhum, e ontem aconteceu uma coisa terrível, digna de ser esquecida. "/

Como foi lindo ler seu post de declaração de amor, e como eu fico feliz por haver amor dentro de ti, de mim, de todos nós, que enchemos essa Blogosfera de amor e emoção!!!

Desculpe-me por me prolongar no comentário :X

Bjão do Viny!! - http://imthisway.blogspot.com

Jesus puro amor postou o comentário número:

Parabéns pelo blog
"Mestre, qual é o grande mandamento na lei?
E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.
Este é o primeiro e grande mandamento.
E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.
Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas. Mateus 22:36-40"

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...