Vai um remedinho aí?

Ontem o dia começou muito preguiçoso (eu). Saí cedo para cumprir minhas obrigações. No caminho comecei a observar o entorno e daí já "viajei". Não tinha percebido que uma tradicional casa de massas aqui da cidade (andava meio caidinha ultimamente), transformou-se em farmácia. Daí passo a refletir que o mundo parece doente. É um tal de inaugurar farmácia /drogaria que nunca vi.  
Dia desses, estive na cidade natal de meu pai, que fica ávido por ter notícias de lá. Saí fotografando os locais para trazer as novidades pra ele. Quando nos sentamos juntos para apreciarmos as fotos, a pergunta dele era sempre assim: “E o lugar tal, como está?” Seguia-se então a minha resposta: "Está muito diferente, virou uma farmácia..." Isso se repetiu diversas vezes. Constatei que em apenas um pequeno trecho de uma avenida, quatro novas farmácias de grande porte, tomaram os lugares de lanchonete, sapataria, loja de tecidos e outro comércio que não me lembro no momento o que era. 
Aqui a coisa também não tem sido diferente. Seguindo na calçada de onde moro, para esquerda ou para direita, vou encontrando-as  coloridas, cheias de bolas, parecem sempre em festa, com grandes promoções e super ofertas da semana. O que é que está acontecendo, meu Deus?  Numa delas, estão fazendo uma expansão. Não sei se será outra coisa qualquer, mas costumo brincar que esta nova parte que está para ser inaugurada, terá mesinhas e lindas atendentes com bandejas a servir o cliente ali mesmo. Se não é isso que vai acontecer lá, é porque os empresários ainda não perceberam o grande filão que se descortina...
Imaginem como ficará lotada a farmácia em que as pessoas possam chegar se sentar e pedir uma aspirina, acompanhada de um lindo copo d'água onde flutua um comprimido efervescente de ácido ascórbico, aspartato de arginina ou acetilcesteína... Saiu de casa sem fazer uso da metformina, sinvastatina ou sua medicação para pressão? Sente-se ali e peça com tranquilidade. Não vai precisar carregar na bolsa ou esperar voltar pra casa. Está aí o grande lance, fast food nas farmácias. Sim, pois muita gente anda a se alimentar literalmente de comprimidos, fórmulas manipuladas e coisas do gênero. Além disso, se precisa tingir os cabelos, pintar as unhas, maquiagem, cremes para o corpo, chocolates, barras de cereais, fraldas, sopinhas para o bebe, leite, pagar contas e etc, chegue vá pegando sua cestinha e faça a festa. 
Farmácia transformou-se em um point.  Quem sabe logo será necessário fazer reservas em uma de suas mesas para um chá...


Bom, meu dia não se resumiu a reflexões farmacêuticas.Quando voltei pra casa (casa é tudo de bom), o correio havia passado e deixado coisinhas muito especiais:

O mimo feito e enviado pela Lola, que ganhei como prêmio  em um sorteio do Blog da Elaine. Já tenho projeto especial para esse livro de receitas, onde só vai entrar coisinha fácil, rápida, testada e aprovadíssima. Em homenagem as duas (Lola e Elaine) o meu livrinho vai se chamar " Um pouco de mim depois que entrei nos enta".




Os livros de histórias infantis que  solicitei no site do Itaú e pretendo sair lendo pra criançada. Se deseja receber também, veja aqui como se faz :  Leia para uma criança

Mais tarde a alegria de receber  um telefonema da querida Leninha, que desde já estou convidando para nos encontrarmos e bater um papo pessoalmente. E aí Leninha, vamos marcar?
                    (Será que vou levar um puxão de orelhas por ter roubado sua foto?)



Por coisas assim, acho que a quantidade de farmácias está indo além da conta. Muitas vezes, o maior remédio que precisamos é de atenção e carinho. Receber e servir em altas doses... Ô medicação boa, meu Deus!



22 comentários:

Turquezza postou o comentário número:

Como sempre é um prazer ler suas postagens e rir também com elas .....
Podíamos fazer um encontrinho numa farmácia, aí pintaríamos os cabelos, as unhas, uns creminhos para pele, pés, uns comprimidinhos para retardar o envelhecimento precoce ahahahah Meu Deus, realmente este mundo está ficando velho demais ...
só tem farmácias !!!!!!!!!

Leninha postou o comentário número:

Oi amiga querida,boa tarde!!!

Que puxão de orelha que nada...vou é agradecer
por estar neste blog tão chique,a própria imagem da primavera(o blog).
Qualquer dia a gente se encontra,vamos marcar mesmo.Você prefere que seja na rua para me fazer sair de casa,né?Mas nada impede que seja aqui,vai ser muito bom partilhar o meu sotão com uma amiga.
Quanto às farmácias,eu também já havia observado esta proliferação,mas acho que aqui é maior.Muriaé tem muitas,mas não esta quantidade.
E quanto ao livro,aleluia!!!Começa pelo de receitas e depois vai para o de crônicas...
Bjsssss,
Leninha

Keilla Colombo postou o comentário número:

Sabe que agora lendo o seu texto parei para refletir e acabei constatando que é pura verdade esse negócio de farmácia, aqui na cidade é uma inauguração atrás da outra, e na avenida principal da cidade, tem 5 em apenas um quarteirão....

Mas adorei a forma que vc escreveu o texto, como sempre....

Os seus mimos são lindos, e lá no blog tem várias receitas para vc colocar no seu caderninho...

Bjosss

Helena Compagno postou o comentário número:

Serve essa Leninha daqui? Se servir, tô aí!!!
O Brasil, minha cara, já é quase um país de velhos, percebeu? Ah, velha sim, mas doente, nem morta.

Beijos

Lúcia Bezerra de Paiva postou o comentário número:

O melhor remédio do Brasil, quiçá do MUNDO, é vir se deliciar nessa cerca viva!descontração, alegria, bem viver...

Mas minha amiga, ser dono de farmácia hoje parece ser o melhor negócio...não é só "privilégio" daí não...aqui na terrinha se multiplica que nem coelho...Já viu os $$$$????...É isso!

A Leninha ficou muito bem no meio de tudo : saúde, alegria, vitalidade...como a Dona Guidinha!

Lindo, o livro de receitas, legal a ideia da
leitura da leitura para crianças.

Beijos, amiga!

Gratissima postou o comentário número:

Siiiiim... atenção e carinho são os melhores remédios... sempre!
Rê, tenha uma ótima semana!
beijinhos,
RôGratão

Lourdes Fiedler postou o comentário número:

Oi, Renata!

Vixe! aqui na minha cidade o que mais tem é farmácia e imobiliária.
Mas à noite você não encontra uma farmácia aberta.
Deve ser por isso que o slogan da cidade é "Terra da Eterna Juventude"...rs.

Lendo o seu texto, fiquei me imaginando trocando o quiosque e uma geladinha pela mesa na calçada da farmácia e tomando um efervescente...eheheh

Um abraço!

Rô... postou o comentário número:

oi Re,

depois de uma certa idade,
diria eu uns 48,
parece que alguns remedinhos são inevitáveis,
mais ainda assim acredito no carinho e atenção como melhores para qualquer causa,
sem contra indicação e com efeitos colaterais altamente positivos...

beijinhos

Ana Jardim postou o comentário número:

Oi Renata,
Tô aqui a esta hora da noite dando risada sozinha igual uma maluca...kkkk! Aqui em minha cidade existe um monopólio da rede farmacêutica, são duas, aí as pequenas redes quebraram e até que não tem muita não; As duas imperam livremente. Se os empresários daí descobrir isso...Ai...Ai.
Boa noite para você!
bjus

Bruna postou o comentário número:

Saudadona de vc, concordo, o melhor remédio é atenção e carinho! Bom dia prá vc

Lola postou o comentário número:

Oi Renata!
Que bom que vc gostou do Caderninho de Receitas! E também adorei te ver como seguidora! Cá estou, também te seguindo, pois adorei o blog!
Bjs

Anônimo postou o comentário número:

Oieee, sem dúvidas o melhor da vida é o que vivemos e o melhor remédio para tudo é o amor e carinho que damos e recebemos.

Já já a mami noel passa pela Cerca. ho ho ho.
beijinhos,
Wanderleya Gallo
Teto doce.

maria helena postou o comentário número:

Olá Renata obrigada pela dica, vou entrar lá agora mesmo. Boa sorte no sorteio. Bjis

FLAVIA CRISTINA C. postou o comentário número:

OI TERNURINHA, ESTAVA COM SAUDADES, TAMBÉM ANDEI SUMIDA COM UMA CONSTRUÇÃO POR AQUI NÃO SOBRAVA TEMPO, MAS AGORA AS COISAS ESTÃO VOLTANDO AO NORMAL TAMBEM. VEJO QUE NÃO SOU SÓ EU QUE ESTOU COM SORTE, LINDO SEU LIVRO DE RECEITAS. MEUS LIVROS DO ITAÚ AINDA NÃO CHEGARAM, ASSIM COMO OUTRAS ENCOMENDAS QUE ESTOU ESPERANDO DOS CORREIOS. BEIJOCAS E UMA BELÍSSIMA NOITE...

Elizandra postou o comentário número:

nossa amei a sua visitinha e sua mensagem tbm..lindo seus presentes...seu blog como sempre encantador...bjinhos

solange oliveira postou o comentário número:

OI RÊ, CONSEGUI ARRUMAR MEU BLOG E AGORA CONSIGO FALAR OI PRA VC. UM BJ

SOL

Elaine Canha postou o comentário número:

kkkkkk, adorei o post

Realmente aqui também há uma proliferação de farmácias. Das "comerciais" restaram poucas, mas das de medicamentos genéricos.... uma em cada esquina.

Beijos

Jana Cassis postou o comentário número:

OI!
Vim aqui conhecer seu cantinho que delicadeza!!!
Olha concordo com vc, as vezes nos sentimos mau e nada resolve mais do que receber atenção e carinho, é um santo remédio!!!
Vou ver como faço pra conseguir receber esses livros do Itaú, adorei a dica...
Bjs

Cibele Leite postou o comentário número:

Amiga é verdade em cada rua deve ter umas 5 farmácias aqui no centro da cidade, isso é incrivel e desanimador.

Amei o presente a Lola é uma querida e mega caprichosa.

Beijokas

Mônica postou o comentário número:

Renata
Fui em Nova York com minhas irmãs e a farmacia lá tem de tudo. Quase que remedio é o que menos tem.
Voce ganhou o sorteio. Que fofo!
Renata, estou ansiosa para chegar a Hora de falar das minhas amigas conterrâneas do Rio de Janeiro, mas vou esperar pra procurar as fotos que tenho de lá.em BH. Estou no interior de Minas.
com amizade e carinho de Monica
com amizade e carinho de Monica

Paty Chuchu postou o comentário número:

oiiii,ufa consegui voltar aqui pra comentar e dizer o qto gostei desse seu post!!
Saudade sinto dos chazinhos milagrosos da minha bisavo..eita remedinhos bons!!beijinhos

rose postou o comentário número:

oi renata vim ler um pouquinho os seus textos...bjs...
rose jp

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...