Repercussão do caso da diarista Guidinha...

Minha última postagem (se você não leu, está aqui) parece ter causado polêmica e recebi e-mails divertidíssimos de algumas pessoas que ficaram preocupadíssimas com minha atuação como diarista. Rendeu até telefonema com aconselhamento. Posso garantir que me acabo trabalhando, mas quero ter meu espaço doméstico preservado. Já passamos poucas e boas com essas ajudantes do lar. Marido e eu, optamos pela liberdade de cuidarmos do nosso canto. Se está limpo sei que foi porque um de nós quatro cuidou para isso, se está sujo alguém não teve tempo. É claro que tem que ter um general na banda, no caso euzinha.
Uma leitora do blog (nem deixou comentário, escreveu um longo e-mail mesmo) chegou a pensar na possibilidade de eu morrer e o marido arrumar uma muito diferente de mim, com a qual iria curtir a vida que eu desperdicei cuidando da casa. Minha diarista é doidona, mas não é maluca. Esse papel não é exercido por mim as vinte e quatro horas do dia, sete dias na semana, trinta dias no mês... Minha diarista é igual a todas que vocês conhecem, aparece uma vez por semana, não dá conta do serviço e muita coisa fica para trás. E tem mais, ela falta! Tem dias que chega a dar gana, pois na maior cara de pau, pega a bolsinha dela e simplesmente me diz: FUI!
Ouvi dia desses uma coisa muito interessante com relação a casamentos, relações amorosas e etc. Explicaram-me que existe mesmo o príncipe que chega montado em um cavalo branco. O problema é que na maioria das vezes, ele vai embora e deixa o cavalo. Aqui, a coisa é diferente, pois nunca fomos príncipes um para o outro. Já nascemos Reis! Não nos unimos para construirmos um reino. Já tínhamos cada um o seu. Só resolvemos unir "propriedades". O negócio não envolveu grana, estou me referindo às propriedades da matéria. Lembram-se delas? Pegamos a massa, cercamos toda a  extensão, tornamos nosso espaço impenetrável, usamos a divisibilidade, compressibilidade, elasticidade e trabalhamos para sua indestrutibilidade. Tudo isso regado pela química do amor. O homem de quem eu cuido, cuida absolutamente de mim. Pra ele eu cozinho, mas é ele quem me trás o café na cama todos os dias.
Desculpem-me se as deixei preocupadas com o meu "sacrifício diarista", só que eu sou mais que dona de casa. Sou "DO LAR" e isso não é esse tal de DÓLAR desvalorizado que está circulando por aí. Posso não ter dinheiro, mas meu negócio é ser REAL.
Quem só leu a última postagem deve realmente ter ficado achando que cultuo casa...  Sou muito mais light que possam imaginar. Tenho o compromisso firmado comigo mesma de fazer minhas unhas em horário específico, previamente agendado o ano todo, no meio da semana. Quem me deu esse direito? Eu.  E tem outra, não faço em casa, pois até secarem absolutamente, corro vitrines no shopping. Em casa correria o risco de aparecer alguma coisa pra ser feita... Como podem constatar, sou doida de pedra, mas Guidinha também cuida de Renata!
Faltou completar que tenho profissão e trabalho fora... Arrumo um tempinho ainda para ser blogueira. Diarista é bico, tá? rsrsrsrsr



Se for preciso caio na faxina até para ajudar a socorrer inundação causada por problemas na cobertura do edifício que moro, mesmo não estando vestida de diarista...

18 comentários:

✿ chica postou o comentário número:

Assim é bom...Podemos ser madames, diaristas, executivas, cada coisa ao seu tempo, basta organizar,né?

um beijo, linda nova semana,chica

Helena Compagno postou o comentário número:

Renata, sempre sábia, tem resposta e argumento para tudo! Adorei sua crônica. Eu adoro os seus escritos, divertidos e que me faz muitas vezes refletir o meu próprio comportamento, pois já notei que temos mesmo muito em comum. Que engraçado isso, né? Embora eu passe uma imagem de dona-de-casa aplicadíssima, dou lá minhas escapadas que adoro, mas tenho amigas que pensam que sou amélia e até ficam com peninha de mim, mas elas não sabem que gozo da maior boa vida, que meu marido me leva para jantar, me traz almoço pronto no meio da semana, que me traz flores e eu sirvo cafezinho na bandeja para ele!!!. Ontem mesmo passamos o dia inteiro de papo pro ar, no clube, se divertindo, enquanto os maridos faziam churrasco. Hoje nem arrumei a minha cama porque não quis. Amanhã dou uma de louca e deixo até as franjas dos tapetes penteadinhos, no dia seguinte decreto que nem almoço quero fazer e vou comer no quilo com minhas filhas. E sei que você é assim também. Semana passada, enquanto esperava o pessoal para consertar o telhado, quase te mandei um e-mail relatando o meu aborrecimento com essa espera e canos que ando levando. Vê, temos tanto em comum!
Beijos,

Kika Diniz postou o comentário número:

Olá Renata, vc é muito divertida!
Mas é claro que seu texto anterior deixou isso tudo que vc disse agora bem claro!!
Na verdade eu tbm não tenho diarista(por opção) e faço tudo sozinha, mas sem neuras... acho que amar a própria casa nos leva a cuidar sem obrigação e com carinho. Sem contar nos sorrisos que dou toda vez que vejo meu varal cheio de minúsculas roupas cor de rosa!!!rsrs
O fato de cuidar de minha casa não que dizer que vivo igual a uma louca descabelada que vive com um paninho na mão procurando sujeira o dia todo!!!
Minha querida bjks pra vc!

Gratissima postou o comentário número:

Reeeee, que saudade de você, menina!
Queria eu ter(ser) uma diarista prendada como essa sua... hehehe... mas confesso que não tenho toda essa disposição, não viu?
Gosto de cuidar da casa e curtir, mas do rodapé até o teto, fico devendo... rssss...
Um beijinho e boa semana prá vc e seus queridos!
Ro

casa de professora postou o comentário número:

OLÁ MINHA QUERIDA, LI O SEU POST E AMEI, COMO SEMPRE, E NÃO ENTENDI A POLÊMICA, ATÉ AS MULHERES MAIS RICAS DO MUNDO TÊM SEU DIA DE DIARISTA, TEM COISAS QUE SÓ NÓS SABEMOS LIMPAR E ORGANIZAR E ISSO NÃO NOS IMPEDE DE CURTIRMOS A VIDA EM SUA PLENITUDE, E COMO VC DISSE, A GENTE FALTA O DIA QUE QUER, NO MEIO DA FAXINA PEGA A BOLSA E DIZ FUI E TEM MAIS, NOS PAGAMOS HORAS EXTRAS PARA AQUELA IDA ÀS COMPRAS ETC...BJS!

Ana de Geo postou o comentário número:

Gostei. Guidinha também cuida de Renata!
A parte do "eu cuido do marido e ele cuida de mim" eu adorei, pareceu eu e Geo. A parte da união abençoada e firmada num lindo amor, minha cara! É assim mesmo que eu me sinto! A parte de todo mundo ajudar em casa também! Ensinei desde cedo! As meninas sabem que a arrumação do quarto delas depende delas, e por aí vai! Realmente, temos muito em comum! Fica com Deus!

Antonio Rubilar B. Valente postou o comentário número:

Quem tem um lar, tem antes de tudo um coração de flores a serem regadas todos os santos dias...São por essas e outras pequenas coisas ou detalhes, que a gente se identifica com um blog e com o seu editor, nesse caso você.A sensibilidade deve ser mostrada em pequenas linhas ou no conteúdo de uma imagem.Parabéns!Já estou seguindo seu espaço.Um abraço amigo,
Rubi Valente.
www.valentebrasil.blogspot.com. (BRASIL DA PENA)

Veruska postou o comentário número:

Adorei!!! Sabe que aqui em casa tb. tenho uma faxineira dessas? Depois de muuitas e frustadas tentativas com faxineiras, resolvi que nada como a gente pra cuidas do nosso cantinho. Meu marido tb. ajuda muito, com a organização da casa, lavando e passando roupas, fazendo comida, e pegando pesado na faxina. No final, temos a certeza que tudo tá do jeitinho que gostamos..
Parabéns pelos post, me diverti muito!!
BJuss

Lucia Costa Siqueira postou o comentário número:

Oi
Amada
Vc é demais,diz tudo aquilo que sentimos e as vzs não falamos.Concordo com tudo.Tbm sou desse time.......rsrs
Amei sua vst,obrigado por seu doce comentário
Bom ter uma Guidinha em nossas vidas
Bjssss linda semana pra vc

Amandio postou o comentário número:

Que bom o seu blog
Venho aqui agradecer a visita e os comentários no blog Clube dos Novos Autores brigaduuu
Amandio relações publica CNA

AUDENI OU Dona Mocinha postou o comentário número:

Oi Renata, tudo bom?

Adorei sua "diarista", também tenho uma, mas a minha é mais rebelde, tem semana que se rebela e vai viajar - vou fazer compras para a loja.
Mas falando sério, ando capengando sem alguém para me ajudar, tenho a loja, os muitos "filhos" de 4 patas, marido, então chega uma hora ... que dou xilique mesmo, rsrsrs


Beijos


Audeni

Maria Luiza postou o comentário número:

Oi Renata!!!
Adoro seus posts inteligentes, bem humorados e esse especialmente com uma boa e necessária dose de sarcasmo!!!rsrsrsrs
A D O R E I!!!!!
O problema é que nem todas comentaristas tem a capacidade de entender sua versatilidade!!!!
Tem um livro cristão que quero ler::
"O sexo começa na cozinha"
E fala justamente da importância do casal estar nessa sintonia da cozinha ao quarto!!!
bjs queridas Renata e Guidinha!!!!!rs

Keilla Colombo postou o comentário número:

Olá...

Fui ler o outro post e morri de rir...acho que vc tem que cuidar mesmo da casa, sem ficar 24hrs sobre ela, o que não é o caso.....
E não liga para essas loucas que dizem que vc vai perder o marido, pois aposto que se vc fosse desleixada, ai sim correria o risco...

Bjinhosss

Jud postou o comentário número:

Oi querida,
Adorei o texto, me diverti muito, parabens pelo bom humor, é fundamental!!!!
Beijos e grata pela visita!
jud-artes.

Mônica postou o comentário número:

Renata
Pois eu adorei o texto anterior.
Eu ate, me perdoe tenho uma certa inveja de quem é assi. Minhas amigas são e eu as adoro.
O bom é que quando vou nas casas delas levo pão e tomo cafe com pão de queijo e biscoitos feito por elas.
Eu queria ser assim mas sou muito preguiçosa. Vou morrer com este pecado.
Mas também a Tonha é culpada. Não nos deixava fazer nada.

E obrigada pelas palvras.
Eu estou me cuidando. Hoje recomeço o Pilates pois a acompanhante da mamae voltou das ferias
E vou ver se fico mais tempo fora de casa.
Estou parecendo a gata borralheira. Só gosto de ler.
com amizade e carinho de Monica

leninha postou o comentário número:

Renata querida,
Boa tarde!!!
Estou em casa e minha irmã também,´pois é aniversário de meu irmão.
Li suas duas últimas postagens para ela,que se acabou de tanto rir...vc tem mesmo que publicar um livro,amiga,sua capacidade de comunicação é muito grande,todos são unânimes em afirmar.
Acho que vou ter que contratar a Guidinha prá me dar aulas de método,pois é o que me falta,tanto na cozinha quanto na casa...hoje por exemplo,comemos fora pois não deu tempo de fazer compras e almoço.
Meu notebook continua enfermo e hospitalizado,portanto estou postando só alguns comentários,ficando em falta com muita gente...e´só vou postar quando puder comentar,pois não acho justo com as pessoas que comentam o que escrevo.
Obrigada pelas animadoras palavras lá no blog,vou mesmo passear mais,cuidar de mim e da casa e ler bastante...isto já estou fazendo,a minha nova cunhada me mandou muitos livros,de assuntos variados e já li dois.Acho ótimo.
Bjssssss,amiga,
Leninha

O meu pensamento viaja postou o comentário número:

Maravilha de texto.
Menina, adoro o teu sentido de observação, mas, principalmente o senso de humor.
Você pode ser louca ( não acho nada...) , mas é muito crescida, muito concentrada em viver a vida e ser feliz.
Toda a vida quis ser dona de casa, mesmo, a tempo inteiro, mas nunca fui.
Agora sou, porque a vida passa, os anos somam-se e resolvi prescindir de (muitos) euros e viver muito mais feliz com menos. Também me parece que sou mais dona de lar do que de casa.
Na verdade tenho ajuda (diarista), mas, se não tivesse, diria, repetidamente, FUI e batia com a porta.
Renata, foi um gratíssimo prazer reencontrar-te ... acho que já era tua seguidora (desatenta), mas isso acabou.
Agora, você criou responsabilidades com o meu lazer. Quem mandou ser tão especial?
Beijo da Nina

Maria Alice Marques postou o comentário número:

Olá Renata, foi muito bom ter a sua visitinha no meu blog, apareça sempre que quiser pois é sempre muito bem vinda!! Obrigada plo carinho.
Beijinhos
Alice

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...