Chamo isto de viver...

Realmente a coisa aqui ficou turva, ventou, chuva de granizo caiu a rodo e tudo mais, no entanto acho que já é hora de começar a costurar a lona do circo, refazer a maquiagem e me jogar no espetáculo da vida, pois é isto que gosto de fazer. Viver!
Levantei com a corda toda e para tristeza de muitos, já ouvi um montão de coisas da trilha sonora que acompanhou e é claro, ainda acompanha momentos muito bem vividos de minha prosaica existência. Não se assustem, mas aqui hoje rolou até o presente momento música de todo tipo. Fagner, Milton Nascimento, Martinho da Vila, Elymar Santos, Chico Buarque, Flávio Venturini, Elis, Ney Matogrosso, Jair Rodrigues, Francis Hime, Jobin, Quarteto em Cy... Já ouvi inclusive o Canto do Pajé, para espantar espírito de porco que insistir em tentar me tirar da graça (agora mesmo um acabou de me telefonar).
Tem nego (ainda posso falar assim ou isso não é politicamente correto? Serei julgada como preconceituosa? Desculpem-me, mas pelo rol dos intérpretes que citei aí em cima, é possível sentir que o que não tem vez aqui é preconceito seja lá do que for) que fica o tempo todo me testando, pra ver até onde vai minha paciência. Garanto que mesmo tendo ficado mais elástica com o passar dos anos, pode arrebentar a qualquer momento...
Semana passada, ainda vivendo um turbilhão de problemas, passei no supermercado fazendo comprinhas de última hora, chegando ao caixa onde foi registrado o valor de R$ 43,70 , tirei da carteira exatamente o que me foi cobrado distribuído em duas notas de vinte e seis moedas (três de um real, uma de cinquenta centavos e duas de dez centavos). A lindinha que me atendia, dirigindo-se a minha pessoa pergunta se não tinha alguma nota de dez reais. Aí é minha vez de indagar se o valor que entreguei  estava errado e ela me responde que não, mas no caixa já tinha moedas demais e ela queria me dar algumas... Hã? Como assim? Me belisca que devo estar dormindo. A fofa queria me dar seis reais e quarenta centavos em moedas para esvaziar o caixa dela? Juro que não a mandei catar coquinho, limitei minha resposta ao simples não.

Uma pausa aqui para informar que exatamente agora estou ouvindo Jair Rodrigues cantando Luar do Sertão... Em dias que estou assim, ninguém me segura!

Vou então ao sapateiro levar uma bota que é relativamente nova, mas descolou um lado do salto. Quando mostro o que tinha acontecido, o atendente diz que precisava tirar o salto, fazer uma pequena costura por dentro  para a coisa ficar bem feita, mas que ia apenas dar uma colada e quando soltasse novamente, eu voltava lá pra ele fazer o serviço direito. Eu estava calçada (até com outro par de botas), então aquilo não era um acidente que tinha acabado de acontecer na rua e me deixado descalça. Saí de casa exclusivamente para ir providenciar esse concerto e ele diz que vai mandar fazer um reparo meia boca e quando descolar novamente eu tenho que voltar lá? Fui até lá por conhecer o serviço deles e saber que trabalham bem, além de terem um preço compatível com o que posso pagar. Ele estava me sugerindo usar aquelas botas correndo o risco de descolar o salto no meio do caminho? Fala sério, era isso mesmo?... É estou vivendo um momento de muita luz mesmo, pois qual foi minha reação? Nenhuma, disse apenas que gostaria de fazer o serviço necessário para a bota ficar legal, sem riscos de me deixar na mão ("até porque o lugar que uma bota deve ser usada é no pé" - não, essa parte eu não falei).
Hoje em minha agenda é dia de faxina em casa. Faço isso as segundas-feiras, pois a casa fica arrumada a semana inteira e não me preocupo com a circulação do final de semana com medo de ter tudo desarrumado - aprendi esse esquema com minha mãe, que o desenvolveu depois que nos casamos e chegávamos nos finais de semana com nossas crias a desorganizar seu esquema de casa onde agora só vive o casal). Pensam que fui faxinar? Eu não, hoje o dia é meu. Vou ouvir muita música ainda, visitar blogs, responder e-mails, ver TV, fazer crochê... Pena que vai ficar faltando tomar um "ovomaltine tipo suíço" (que não existe mais no mercado pra vender, só o famigerado "chocolate" que é doce demais para o meu gosto), curtindo esse friozinho que adoro!

Desculpem-me, mas agora vou circular na net, ouvindo neste momento Evinha... Não é sessão nostalgia. É sessão me encontrando com Renata Guidinha. Beijos e até...

                            Ando tão perigosa que deixei até a filha cortar o meu cabelo...


Divirto-me com a reação de uma pessoa que pensa me conhecer, ao ler esta postagem falando do meu gosto musical... Até agora só ouvi meus cds, mas vou procurar na net e se achar, ainda quero ouvir hoje o "Fuscão Preto"!


18 comentários:

✿ chica postou o comentário número:

Te ler é sempre divertido.Falas sério com humor, isso faz bem!! E essa das moedinhas,heim? Dá vontade de mandar esvaziar as moedinhas colocando ...... ,né?

Meu dia de faxina ,pelos mesmos motivos, tb é 2ª feira...

beijos,linda semana,tudo de bom!chica

Lúcia Bezerra de Paiva postou o comentário número:

Depois da sua "fase lua nova", dou uma subida e me deparo com outra crônica ultra realista, à La Guidinha...Muito loucas e muito gostosas, para um início (útil) de semana.
Muito animador, uma dona de casa prestigiando a nossa bela MPB.
Você falou do politicamente correto (ou não, com o preconceito) e eu lhe digo que tudo está muito radicalizado...É tão bom, chamar o amor de "meu nêgo" ou "minha neguinha"...
Eu, branca pra "dedéu" era chamada de "neguinha" pelas amigas e chamava à todas assim, de pele branca, morena ou negra. Saudades!

Tá muito longo...já vou!
Produtiva semana...beijos,
da Lúcia

Turquezza postou o comentário número:

Dá-lhe amiga!!!!!!!!!
Assim que gosto de ver, jogar tudo pro alto, fazer o que quer e gosta, não querer agradar a gregos e troianos.
Às vezes (e se pudéssemos sempre) devíamos fazer isso. Botar para correr as chatas e as chatices!
Ouça o que quiser, liberdade e democracia!
Ponha um crochezinho lá na minha VITRINE e venha concorrer ao sorteio surpresa.
Adorei mais ainda você hoje rsrsrsr
Beijos querida.

Turquezza postou o comentário número:

Ah! Esqueci de falar: o cabelo ficou bem chic, gostei!
E é fácil para colocar um lenço, um cachecol no pescoço e não atrapalhar .....
Beijos.

Ana de Geo postou o comentário número:

Mentira que vc ouviu essas músicas? kkkkkkkkkkkkkkkk Mas vc não tem jeito! Sem brincadeira, às vezes acho que vc não pára, Guidinha! Oxente, que mulher pra se mexer! E o engraçado do teu blog é que a gente vai andando junto com vc, e quando vê, parece mesmo que está vendo as suas peripécias! hahahahaha
Adorei sua visitinha, como sempre! Às vezes fico pensando em como vc parece me conhecer, nunca se engana quando expressa uma idéia ao meu respeito! Acho que isso é coisa de professora, porque Donana era do mesmo jeitinho! Ai, que saudade de Donana deu agora! Geo quando chega já é um presente, verdade! Mas ele também vem com a mala cheinha de coisinhas pra mim! hehehehe E eu fico bestinha! Claro, quem não ficaria, né?
Agora vou dormir também! São quase meia noite e eu trabalhei até agorinha, só vim responder teu coment antes de dormir. Fica na Paz de Nosso Senhor. Beijos!

Rô... postou o comentário número:

oi Re,

adorei suas escritas de hoje,
pra variar seu bom humor retrata um cotidiano que poderia ser muito chato e monótono...
muito bom poder fazer o que se tem vontade,
eu ainda necessito cumprir horários e normas de uma trabalhadora CLT,
mas tenho fé minha amiga,que isso vai durar pouco,
por isso mesmo meus dias de faxina são variáveis,
depende do meu dia de folga,
isso gera uma incerteza e uma falta de organização que me incomoda,
mas como já disse,
tenho muita fé,que é por pouco tempo...
adorei o cabelo,
ficou muito lindo e muito moderno,
você é demais...
e vê se aparece,tá?
seu chazinho está esfriando...

beijinhos

casa de professora postou o comentário número:

VOCÊ TÁ MESMO INSPIRADA AMIGA, QUE BOM A GENTE SE DAR UM DIA SÓ PRA GENTE FAZER O QUE GOSTA NÉ? QUE FAXINA NADA, OUTRO DIA VC FAZ, ATÉ PORQUE IMAGINO SUA CASA SEMPRE IMPECÁVEL, AO CONTRÁRIO DAQUI QUE AMANHECE UM FURACÃO NA SEGUNDA E ANOITECE UM VENDAVAL NO DOMINGO (dois adolescentes e um marido incorrigível) bagunçam a casa de segunda a domingo...bjs, amo todos esses cantores que vc citou...não é nostalgia, é bom gosto!

Conceição postou o comentário número:

Olá Renata,

minha querida, quando quiseres me visitar diz pois eu farei muito gosto na tua visita.
O clima aqui no Algarve é muito bom, temos quase verão o ano inteiro e praias lindíssimas. Onde eu moro é mais para o interior, não tem praias mas elas estão a cerca de 15m de carro.
Gostei imenso do teu texto e o teu corte de cabelo está muito lindo, parabéns à filhota.
Beijinhos
São

Valéria Ferro postou o comentário número:

Vc meu amigo, de fé, meu irmão ,camarada... ...entro cantando em seu cantinho hj , por que tive o resultado de meus exames e foi NEGATIVO!
Renata, o seu comentário só confirma sua grandeza como mulher,irmã,mãe e amiga.Supriu todo o silencio do dia!Alegrou e emocionou muito por aqui...eu estava abrindo o resultado e lendo seu comentario....chorei de alegria e resolvi postar, sobre o fim do silencio ....Amiga, volto amanha para comentar sobre o post seu de hj, quero ler bem calma.
Deus te abençoe minha querida, e nao esqueço seu nome em minhas orações ....força!
Bj
Valeria

NM postou o comentário número:

Adoro Mudanças...por isso Amei o Corte :-)

Bjãoo

maristela postou o comentário número:

Ô querida, quem não vive esses momentos? De vez em sempre entro numas de "furacão" e aí filha, sai de perto....kkkk
Ó sugestão de CD, o último da Marisa Monte está lindo demais. Vale a pena.
Calma, muita calma nesta hora...kkk
Bjs

Favo de Mel postou o comentário número:

Oi passei para agradecer sua adorável visita. Passa lá tenho novidades. Beijos amo suas cronicas.

Elaine Lobato postou o comentário número:

Renata adorei seu comentário lá no post! Penso como você!
Adoro o jeito que você escreve, sabia que não tenho paciência nenhuma para esse tipo de situação que vc citou, fico aborrecida! Não gosto quando uma pessoa tenta tirar vantagem!
Essa história de politicamente correta é ão chata e para mim beira a um tipo de censura, que é pior imposta pela própria sociedade!

bjs

Evanir postou o comentário número:

Querida Amiga.
Venho agradecer seu comentário no blog da nossa querida amiga,Leninha.
Suas palavras me emocionou muito amiga.
Hoje fui ver o esposo dela é triste informar que tudo que pode ser feito pelos médicos já foi feito.
Agora já enta entregue a Deus o médico dos médicos.
Esse sim pode fazer um milagre enquanto houver vida nunca deixamos de ter esperanças .
Deus abençoe sua noite.
Beijos no coração.
Evanir.

Eva Sabbado postou o comentário número:

ehehe, que máximo, Renata,fico encantada com seus posts, noossa adorei! É isso aí minha nega, hehe, a vida tá pulsando, não perde a hora, quem disse que tu tem que provar algo? ehhe, vive do seu jeito que tá muitoo bom, a vida é sua, amiga sómente sua, faça dela o seu buquê, e vai indo, dá licença, dá licença, hehe, bjinhos, obrigada pelo carinho.

rose japan postou o comentário número:

Ola guidinha 8:30 da manha e tu ja me fazes rir....ri de dar gargalhadas...como que eh????
Que sapateiro eh esse q cola o salto !! P voltar depois se descolar de novo affff kkkkkkk.

E a menina do caixa kkkkk nao da nem p acreditar q isso eh uma verdade a Guidinha essas coisas so acontece c vc....kkkkk

Bom ouvir suad historias!!!! Tava c saudades...quer dizer q faxina na seg nao teve e sim muitas musicas inclusive fuscao preto!!! Ta com a corda tda em, ate seu cabelo foi cortado pela filha....mas, ficou otimo guidinha, lindo!!!!

Bjao p vc

Valéria Ferro postou o comentário número:

Renata, em meio a muitos risos, te li, reli, ri de novo e vou tentar nao te irritar ,como a menina do mercado ou o infeliz do sapateiro kkkkkkk
E ai como foi seu dia, ouviu todas as musicas? Ou viu fucao preto? Vc nao existe!E o cabelo ta bom, ficou de seu agrado?kkk
ai menina vc deve escrever um livro, estão ganhando dindim quem escreve livros contando coisas assim da rotina diaria kkkk
Te adoro e te agradeço pelo carinho em seus comentario, confesso que o ultimo me fez chorar muito ..........
Amiga, nao vai achar que estou te seguindo agora nao ta ........é que passei a tte seguir denovo com outra conta srsrsrrs
bjjjjjjjjjjjjj
Valeria

areiasdejade postou o comentário número:

Caramba "fuscão preto" tem muita estória; muita gente que hoje tem aproximadamente 40 e poucos anos foi gerada dentro de um fuscão, preto ou não! KKKKK
Nely

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...