Colcha de retalhos...

E lá se foi mais um abril...  A vida girou , girou, girou bastante por aqui. Muitas comemorações, preocupações com saúde de familiares (que graças a Deus já estão em recuperação), grandes e inesperadas surpresas que trouxeram muita alegria e vou vivendo um tempo de encontro comigo mesma. A cada dia ao dobrar esquinas, tropeço com uma Renata que com a falta de tempo causada pelo exercício profissional, tinha ficado de lado, como uma boneca esquecida por alguma criança que "cresceu".
Estou me deliciando ao reencontrar meus livros, minhas partituras, minhas linhas e agulhas, amigos...  Acho que fiquei um pouco afastada daqui exatamente porque essa Renata que encontrei, é do tempo em que não existia esse mundo virtual. As teclas dedilhadas por mim emitiam uma variedade de sons que inundavam a alma, longe desse toc toc monótono do teclado do notebook.
Descobri coisas de que não sentia falta e não sabia o porquê. É impossível sentir falta do que anda o tempo todo em você, só estava em stand by. Mas como tudo com essa criatura aqui têm que ter o lado absurdo, fiquei injuriada da vida ao descobrir dia desses, uma grana legal guardada em um livro do meu tempo da faculdade de música em 1979. Não é que fui pesquisar e o dinheiro na época era um troco e tanto? Pois é, ficou perdido e hoje o seu valor é apenas sentimental, o que  faz com que experimente um sentimento de culpa bem grande. Não me fez falta, porém poderia ter sido imensamente útil para alguma mãe alimentar um filho com fome... Coisas da vida, ou melhor, coisas de quem já trabalhava, mas não era responsável pelo sustento de ninguém. Onde será que eu iria com aquela grana? Certamente foi fruto de alguma viagem adiada, já que naquele tempo meu mantra era "minha vida é andar por esse país". Livro lá é lugar de guardar dinheiro? Tenho certeza de que ninguém achou, devido ao fato do  material ser muito técnico na área de música e realmente ficou fechado por anos a fio...
O dinheiro perdeu o poder de compra, no entanto descobri o valor de tudo o que vivi e que hoje faz parte do meu tesouro particular das experiências de vida. Só posso ser a Renata Guidinha de hoje, por ter sido todas as Renata's que Deus permitiu que fosse ao longo de minha vida. Não há saudade. O que há é um sentimento pleno de me perceber inteira. Uma colcha de retalhos é feita aos pedaços, mas só é colcha, quando todos eles estão unidos. Assim me sinto agora. Colcha de retalhos coloridos, perfeitamente costurados que no momento atendem ao uso e se necessário poderá receber novas emendas para virar super king.

Enquanto isso, vou fazendo arteirices e viajando em mim...

Uma filha me trouxe a gamela...


 Achei que  estava tão vazia... Fiz uma maçãzinha para morar nela.


A maçãzinha ganhou uma coleguinha...

Que chamou outras...

A turma cresceu e gamela se encheu, inundando o ambiente com um suave cheirinho de canela...

19 comentários:

✿ chica postou o comentário número:

Gostei de tua colcha, de achares grana "vencida", rsr das tuas maçãs e gamela... Bom passar aqui!! beijos,chic

Maria Alice Marques postou o comentário número:

Bom dia ! Que lindas maçãs e com sabor a canela!
Desejo um bom dia para si.
Alice

Turquezza postou o comentário número:

É sempre assim: quando penso muito em você, o que será que ela está aprontando? Você aparece rsrsr
Adorei o post, é isso aí, temos que dar uma freada. É importante. Não somos rios caudalosos que vão numa carreira só para terminar no mar.
Podemos e devemos, de vez em quando, ser um rio calminho, limpo, que curte passear por seu caminho traçado por Deus para chagar no mar.
Aproveite amiga, durma, borde, pinte, leia ..... faça o que "der na telha" e seja mais feliz ..... As frutinhas ficaram uma graça!
Contente por lhe "ver".
Bom feriado.
Beijos.

Casa Decorada postou o comentário número:

Renata querida,que depoimento maravilhoso o seu e que bom conclui que está inteira,as vezes faço isso também e me reencontro por aqui e não tive ainda essa linda sensaçao de que fala, me sentir inteira, ainda estou fazendo.Quanto ao dinheiro, isso acontece muito com meu marido srsrsr Lindo tudo que falou e fez. A gamela é um lindo acessorio de decoraçao e que com certeza se completou com as frutas lindamente feitas por vc. Bj menina linda, aprendi contigo te lendo.
Um lindo feirado por ai
Valeria

Favo de Mel postou o comentário número:

Hellouuuuuuu Guidinha passei para te desejar um dia maravilhoso . Beijos Iêda do Favo de Mel.

Fátima postou o comentário número:

Olá, adorei conhecer seu cantinho é muito acolhedor. Vou ficando por aqui e seguindo para não perder as novidades que estão por vir. Tenha um ótimo feriado.
Bj

amor aos pedaços postou o comentário número:

É fogo sua descrição...sinto-me assim tbém as vezes, e graças a Deus não encontrei dinheiro "vencido" guardado em nenhum livro ( ou partitura pq.tbém fiz Conservatório) rs. Desejo um mes de Maio lindo prá você, novas maçãs, novos ares. Beijos :)

monica ventura postou o comentário número:

Olá Guidinha,amo te visitar adoro seus post,é isso mesmo existe varias Renatas como existem várias Monicas,tudo é transformação mudamos todos os dias a vida é movimento,parabéns pelo texto,a gamela é linda e as maçãs maravilhosas.
Beijinhos e um feliz mês de Maio

maristela postou o comentário número:

Que bom que voltou. E melhor ainda é que está a mil. Pelo visto as mãozinhas também andam trabalhando muito... Linda suas maçãs.
Bjs

Leninha postou o comentário número:

Oi Renata!

Ai menina,que bom ver você de volta e saber que as coisas já se ajeitaram por aí...eu já estava preocupada e sem saber o que fazer e,como a Jô,ficava pensando muito em você...será que nós a trouxemos de volta?
Adorei a sua crônica sobre a existência concomitante das värias Renatas e é outra coincidência entre nós...vamos trocando de pele,durante toda a vida e são onipresentes o tempo todo(as antigas e as novas)...
Outra:já encontrei dinheiro antigo e desvalorizado nos lugares mais inusitados,e não era pouco não...sem explicação.
Seus trabalhos em torno da gamela,ficaram lindos,não sabia deste teu lado.

Bjsssss de um final de noite frio,com esperança de uma manhã ensolarada,como convém a uma manhã de maio,

Leninha

Batata Roxa postou o comentário número:

Oi, Renata,

Fiquei muito feliz com a sua visita ao Batata! Obrigada pelas palavras de carinho,atenção e por gostar do meu trabalho.
Minha admiração por você é grande! Você tem o dom da palavra sincera e isso me encanta!
Bjs,
Mônica

casa de professora postou o comentário número:

AH COMO É BOM ESTAR POR AQUI E LER TÃO BELO TEXTO, AGORA POUCO EU DISSE A UMA AMIGA QUE ESTOU PRECISANDO DE UMA TERAPIA, TEM MELHOR DO QUE ESTA DE PASSAR PELO SEU BLOG E REFLETIR COM VC A VIDA DE UMA MANEIRA TÃO SIMPLES???? ACHO QUE MINHA COLCHA ESTÁ FALTANDO RETALHOS, HÁ ALGUNS RASGADOS, MAS NADA QUE UMA BOA COSTUREIRA NÃO DÊ JEITO...BJS LINDA, BOA NOITE!

Estefânia e Fernando postou o comentário número:

Que lindo seu blog, seu trabalho! ja estou te seguindo se puder me siga tbm. bj

Ro Archela postou o comentário número:

Renata, que texto reflexivo, lindo. Também me vejo assim, uma colcha de retalhos bem costurados e acabados. Um dia ainda listo tudo, enfim, são tantas cores combinadas... beijos,

Favo de Mel postou o comentário número:

Guidinha, minha linda é comentário assim que me fazem ver o mundo melhor e acreditar que existem pessoas assim como você cheias de carinho. Beijos.

Leticia Klein postou o comentário número:

Oi Rê! Como seu blog está lindo! Fazia horas que não te fazia uma visita! Obrigada pelas palavras carinhosas e espero que seu Maio seja abençoado! Um abraço carinhoso!!!

Cristiane Fernandes postou o comentário número:

Amiga, já viu o filme "colcha de retalhos", é lindo D+.
Lembrei dele lendo o seu testo, q por sinal é belissimo,
Obrigada
Cristiane Fernandes.
www.meumundocraft.com

Aana Cristina postou o comentário número:

Lindas recordações.É hora de terminar esta etapa.Volte para a música. Bjs

Cristina

Casa e Fogão postou o comentário número:

Feliz Dia das Mães.
Tenha uma semana cheia das bençãos de Deus.

Abraços

Silmara Freitas

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...