Morar em apartamento...

Ando longe daqui, pois a vida tem estado muito tumultuada... Pode ser que seja a crise do horário de verão, que particularmente gosto, mas já que é pra justificar tantos atropelos nos últimos meses que se culpe o horário de verão. Fica impessoal e está tudo certo.
Em minha postagem anterior falei sobre a falta de privacidade e acho que não esgotei o assunto, pois parte da coisa está relacionada a "falta de educação” mesmo... Li um comentário de uma pessoa muito especial no facebook sobre obras em apartamentos vizinhos e acabei me lembrando dos suplícios que já passei por causa de vizinhos sem noção. A vida em edifícios não é complicada, contudo é preciso que se tenha o mínimo de civilidade e respeito ao outro para vivermos assim.
Questiono gente que diz não ter condições de viver em apartamentos, por se sentir tolhida ou com a privacidade invadida. Quem tem privacidade em uma casa depois do Google Maps? Ferramenta super eficiente que utilizo sempre que preciso localizar um endereço de forma detalhada, porém se usado por mãos erradas pode causar sérios prejuízos... Experimente colocar o seu próprio endereço e pesquise como chegar nele, faça o bonequinho andar, vá aproximando a imagem e não se assuste, poderá acabar entrando em sua sala de visitas. Uma de minhas primas se viu lá trajando um biquini dentro do quintal de sua casa e a partir daí resolvemos pesquisar os outros endereços da família em cidades diferentes. Acabamos identificando muitas pessoas conhecidas que nem sabem terem sido registradas... Coisas da evolução tecnológica que tem suas vantagens agregadas a fatores negativos dependendo da situação.
Mesmo que meus vizinhos venham a ter um comportamento inadequado para um condomínio, procuro respeitar o espaço de cada um  e não costumo responder as insanidades com a mesma moeda de troca. Difícil é quando chega um morador novo que nunca viveu em edifício ou mesmo visitas que não se enquadram. Pode ser uma loucura, mas haverá sempre a facilidade de recorrer à convenção e regras do condomínio, já no caso dos vizinhos em uma casa de uma rua comum o problema pode ser o ó...
Agora vamos convir que existe gente  que reclama de tudo também. Reclama de criança, cachorro, periquito, papagaio e sei lá mais o quê. Tem criança chata, cachorro insuportável, vizinha cantora tipo taquara rachada (eu tenho uma dessas), casal que dá faniquito, mãe que desconta nos filhos os problemas com o marido, filho sem limites que não respeita os pais, marido super simpático na rua e em casa o coice rola solto. Isso só incomoda em edifício? Claro que não. O negócio é falta de educação mesmo, na praia, no campo... "na rua, na chuva, na fazenda ou numa casinha de sapê". 
Sou um ser totalmente adaptado a morar em apartamento e vejo inúmeras vantagens. Sei que isso para muitos é praticamente impossível, porém minhas asas não se limitam as paredes que me cercam e hoje vejo muitos que residem em casas serem tão presos e isolados que só interagem com o mundo através de janelas virtuais. São ótimas como forma de chegar aonde não se pode (ou não se deseja) ir pessoalmente, mas faltam nelas o perfume, o frescor e muitas outras coisas... Ah, como faltam.
Casas com quintal são boas quando estão cheinhas de crianças para brincarem, subirem em árvores... As famílias minguaram. As crianças brincarão solitárias.
Casas com quintal e varandão na frente são boas para serestas madrugada adentro. Os seresteiros sumiram. 
Casas com quintal, varandão e cozinha com mesa bem grande são boas para fazermos doces em tachos, muita comida caseira. Tudo acabou sendo congelado, até os longos papos na cozinha.
Casas com quintal, varandão e muitos quartos são boas para recebermos visitas queridas. As visitas agora são feitas pelo Skype, facebook...  
Não tenho casa com quintal, varandão, cozinha grande, muitos quartos, mas nesse meu espaço cabem crianças, música de qualidade, visitas queridas, doces, comida caseira, papos que rolam soltos entorno da mesa... Com isso as janelas virtuais acabam sendo pouco usadas... não dá tempo.

                               Casa muito Guidinha que ficou na história familiar...


5 comentários:

Jo Turqueza postou o comentário número:

Oi menina!
Sabe que eu detesto aptº rsrsrs
Sempre morei na mesma casa até casar, depois fui morar num ap. com sogra .......
Um dia conseguimos construir nossa casa.
E até hoje moro nela, enorme, agora sem crianças, nem cachorro. Mas curto muito. O único problema para mim é cuidar. Não tem mais empregada como antigamente (trabalhora impecável e honesta, não mexiam em um grampo de cabelo).
Não me importo com o Google Maps, não tomo banho nua na piscina rsrsrsr
É a modernidade querida. E ainda vem muitas novidades por aí.........
Vamos viver enquanto temos vida.
Saudades de um abraço seu.
Beijos.

✿ chica postou o comentário número:

Também moro em apartamento. Não temos outra saída. Grana para condomínios bons, daqueles que temos espaço para esticar os braços sem tocar no muro dos vizinhos, não temos. Assim, o melhor é ficar no meu 7º andar, encarapitada mesmo! beijos,tudo de bom,chica

Adriana postou o comentário número:

OI, RENATA!!! MORAR EM APTO É , PARA MIM, UM EXERCÍCIO DE PACIÊNCIA... MORO EM CASA, MAS NA PRAIA MORO EM UM APTO ONDE HÁ 6 MORADORES... DOS QUAIS, APENAS 2 SÃO CIVILIZADOS. NA ÚLTIMA REUNIÃO DE CONDOMÍNIO UM DOS MORADORES FALOU PALAVRÕES, DEU UM SOCO NA MESA E SE RETIROU GROSSEIRAMENTE. O MOTIVO??? A GARAGEM QUE É PARA UM CARRO, ELE SE ACHA NO DIREITO DE COLOCAR 3 !!! E CADA VEZ QUE ALGUÉM PRECISA SAIR, É PRECISO TER PACIÊNCIA E ESPERAR SUA BOA VONTADE DE MANOBRAR!! AFFF... MAS ACREDITO QUE, EM SUA CASA, LONGE DA PRAIA, ELE TAMBÉM FAÇA O MESMO COM OS VIZINHOS... EU, SINCERAMENTE, PREFIRO MORAR EM CASA...
QUANTO AO GOOGLE É MUITO ENGRAÇADO. QDO VI MINHA CASA TIVE QUE RIR. TENHO O COSTUME DE COLOCAR ROUPAS DE CAMA NA JANELA, PARA PEGAR SOL... MINHA JANELA , LOGO A DA FRENTE, APARECE NO GOOGLE COM TODO O COLORIDO DA MINHA ROUPA DE CAMA... RSRSRRS...
A PRIVACIDADE NOSSA, DE CADA DIA, COMEÇA A DESAPARECER COM AS CRIAÇÕES DA VIDA MODERNA... BOM OU RUIM????

BJINHOSSSSSSSS

lucia bezerra de paiva postou o comentário número:

Moro em apto. desde que virei balzaquiana...Mas adoro casa, muito mais. Aliás, essa casa da família é, tirando o cavalo, igual à última que morei, da família: estilo 1950 rsrs...Agora, é da minha irmã e foi totalmente modificada.
Dou razão a tudo que está aí, amiga, nessa crônica desabafo.
Volte de vez, a saudade é grande!

Um xêro!

Rô... postou o comentário número:

oi Re,

saudades bem grande de você...

beijinhos

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...