Trabalho de criança...


Fico vendo muitas postagens maravilhosas sobre unhas e hoje resolvi contar mais uma daquelas que acredito só acontecer pelas bandas de cá...

Em minha família temos algumas restrições quanto ao ditado popular "serviço de criança é pouco, mas quem perde é louco"  É claro que criança ajuda muito, mas...

Quando minha irmã Suzana estava entrando na adolescência cismou que ia ganhar dinheiro sendo manicure. Algumas pessoas da família (tias e primas) se renderam e incentivaram aquela pequena tão persuasiva no convencimento resolvendo contratar os seus serviços. A maluquice foi tanta que Tia Léa marcou com ela para fazer as unhas no dia em que seria madrinha do casamento de meu primo Paulinho. 

Lá se foi dona manicure, toda equipada com o seu material atender a nova cliente em casa. Tia Léa se entrega aos serviços e escolhe o esmalte. Um vermelho, diga-se de passagem, que não me lembro de ter visto essa minha tia com unhas de outra cor, sempre estava de vermelho ou apenas incolor. Ela não sabia que aí estaria o perigo.

A manicure olha o esmalte escolhido e vê que o mesmo estava "duro" (na linguagem das manicures). Ela sabia que precisava colocar óleo para amolecer, só não sabia qual. Vale lembrar aqui que essa manicure era uma criança... Não conversou, foi até a cozinha e colocou óleo de soja. Funcionou! O esmalte ficou novamente com a textura ideal para o uso. Problema solucionado. As unhas da Tia Léa foram pintadas, o serviço foi pago e agora cada uma ia tratar de se arrumar para a cerimônia do casamento do Paulinho.

Tia Léa passou o tempo todo com o maior cuidado para não estragar as unhas que não secavam. Chegou a hora do casamento e as unhas... Não secavam e pior, a pintura escorria. Lá no altar junto aos noivos, a cliente "caçava" com o olhar sua manicure com vontade de dar uma boa sova nela. Definitivamente óleo de soja não substitui o de banana como solvente para esmaltes. 
Convenhamos que dessa vez a tia não tinha razão, a culpa era dela. Como achar que aquela sobrinha serelepe podia ter se transformado em manicure da noite para o dia? Serviço de criança é pouco, mas muitas vezes quem se entrega a ele É LOUCO!

Tia Léa nos deixou faz pouco tempo e as saudades são muitas, muitas saudades. Dela ficam ótimas lembranças e histórias super pitorescas do nosso grande enredo familiar. 
A manicure? Essa cresceu e escolheu outra profissão...(Graças a Deus!)
 

         Unhas da filha, mas nada de manicure... Por umas e outras, ela mesma cuida de fazer.



18 comentários:

Rô... postou o comentário número:

oi Re,

teve uma época que eu estava sem trabalhar,
e minha mãe vinha duas vezes por semana em casa para eu fazer mão e pé,
sabe que não me dei mal,
mas longe de mim ser manicure,precisa ter muito talento...
adorei a história da irmã manicure...

beijinhos

✿ chica postou o comentário número:

rssssssss....A tentativa foi válida, mas o resultado?rs beijos,tudo de bom,chica

Gabrielle de Almeida Ramos postou o comentário número:

Oi Renata, tudo bem? Obrigada pelo carinho lá no blog. Adorei sua visita.
Gostei do seu post, do seu blog... Já pensei em ser manicure, mas como tiro alguns bifes da minha unha, mudei de ideia rapinho rs.
Beijos, boa semana.

Déborah Belmiro postou o comentário número:

Oi Renata!
Que história legal!!
Passando pra ver suas novidades!

Beijos... até mais!
cantinhodadeborah.blogspot.com

Deusa postou o comentário número:

Guidinha,se existe um jeito de se distinguir um forte de um fraco,e a postura perante as tribulações desta vida.
O o forte,cansado,maltratado pelo sofrimento se levanta e diz:
-Foi dificil,ainda estou machucado,mas estou em pé.
O fraco:
-Foi dificil,ainda estou machucado e vou ficar aqui,deitado,chorando e me lamentando.
Obvio que existem situações que não devem ser colocadas assim,existem perdas que demandam tempo e ajuda para a pessoa querer ficar em pé.
Mas Deus e tão perfeito que ele renova as forças,ele cura o ser sem que ele nem perceba.
Você e uma vencedora,uma mulher delicada,mas muito forte.Casa se arruma com tempo,quando se cansar larga tudo e pare para um café,um cochilo(vai tudo estar lá,parado te esperando...Infelizmente...kkkk)quando sentir que esta mais forte,se levante,coloque uma musica alegre e cante,nada de coisa triste.Arrume do jeito,na hora e como quiser...E seu.
As tempestades caem na vida de todo mundo,algumas piores,outras nem tanto,mas este ainda não e o Céu,então apenas sobreviva da melhor forma possivel.
Eu venho te ver pra sentir se esta conseguindo sacudir a poeira...rsrsrs.
Força mulher,levanta,sacode a poeira e não espere por ninguém...Da logo a volta por cima.Pilastra da familia e a mulher,se você sentar TUDOOOO DESANDA.
Gosto muitooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo de ti.
Deusa
vasinhos coloridos

Jô Turquezza postou o comentário número:

Oi amiga querida, ri da historinha da irmã.
Eu faço minhas unhas desde a adolescência (ihhhhh século passado rsrs).
Corto cabelo, faço as pinturas enfim, sempre gostei muito. Mas só em mim rsrs Algumas pessoas pedem para cortar o cabelo delas aí sei fazer direitinho.
Linda as unhas da filha e que esmalte é esse? Adorei!
Beijos e tudo de bom.
Bom finde.
Beijos.

Déa Prado postou o comentário número:

Que história linda.
Minha mãe sempre diz esse ditado e coloca minha sobrinha pra ajudar...
Mas a Tia léa tinha que ter ideia que tudo tem limites..rs
Morri de rir...e depois olhinhos encheram de lágrimas...sou tia...e espero que minha sobrinha sinta falta quando eu partir.
Beijos Rê...
Conte todas essas histórias deliciosas de família...amo.

Nequéren Reis postou o comentário número:

Olá!!!, Deus te abençoe, realmente o certo era oleo de banana, mais a experiencia foi ótima kkk, o seu blog é maravilhoso sucesso.
Já estou te seguindo, Aguardo retribuição, Siga, twitter, instagram, fan Page, e o meu canal do you tube.
Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

Lemon Chic postou o comentário número:

você tem um ótimo blog ^ ^
você quer seguir um ao outro?
siga-me e me avise com um comentário
e siga você também :))


beijos
http://lemonchicbeautyfashion.blogspot.it/

Mônica postou o comentário número:

Guidinha
Eu morri de rir. me lembrou de uma coisa engraçada que aconteceu com minha irma elisa e sua amiguinha Bibi. Foram brincar de cabelereira e a Bibi cortou o cabelo de verdade da minha irmazinha. Ela ficou horrorosa e chorou varias dias. e a amigunha achou lindo o fato de ser cabelereira. Hoje em dia ela nao é graças a Deus./
com carinho sua ainda amiga mas tambem fajuta monica

Marcia Dias postou o comentário número:

haha Ótima estória! Adoro estórias e penso que vou me divirtir bastante por aqui rsrs Vim retribuir e agradecer a visita ao meu Arte e Manha, já estou seguindo tb o Cerca Viva e espero interargirmos muito ... beijinhos, tenha um bom dia!

Lucinha postou o comentário número:

Renata,

Rindo muito aqui.
Posso imaginar a cena. A culpa não foi da manicure, e sim da sua tia que arriscou logo no dia do casamento. Rs
Ainda bem que a menina escolheu outra profissão.
Eu acho linda essa blogagem de esmaltes.
A sua filha não puxou a tia. Ficaram lindas as unhas com esse esmalte, e muito bem feitas.
Um lindo dia! Beijos

Mônica postou o comentário número:

RENATA
Estive no Rio para ver o Papa.
Um grande abraço
com o mesmo carinho de sempre sua amiga MonicA

Adriana postou o comentário número:

Adoro ler suas histórias!!!A manicure era realmente um desastre; pobre da tia Léa!!!

bjs

Mônica postou o comentário número:

renata
Fico muito feliz de sua filha ter sido voluntaria. Vibrei com os voluntarios.
Eu esqueci se tenhos eu email? O meu é monicaagpaiva@gmail.com.
Eu voltarei ao rio dia 8 para ver o Roberto carlos. E retorno dia 12. Se nao der pra encontra la pelo menos um telefonema ja fico satisfeita.
com muito carinho
Obrigada

Mônica postou o comentário número:

Renata
Fui duas vezes no rio nestes tempos. Uma fui ver o Papa e os peregrinos que ambos sao carismaticos.
E depois fui ver o Roberto Carlos e ganhei a rosa. Imagine voce!
Da proxima vez quero um telefonema.
com carinho Monica

✿ chica postou o comentário número:

Renata, estou louca pra ver as postagens sobre o encontro! Me avisem quando forem postadas! beijos, obrigadão pelo carinho! chica

Zizi Santos postou o comentário número:

Oi Renata
vc viu por que eu já fiz o post?
Pela Chica, que estava doidinha para ver as fotos!
Obrigada por enviar as fotos, depois vou salvar
Pois é, o sentido foi inverso, estamos conhecendo os blogs, depois de nos conhecer primeiramente
adorei o encontrinho com a Lucinha , Jo e as demais meninas
marque sim em Teresópolis, agora ja sei onde fica aquele terminal. e assim vou sentir os 5º de temperatura e alegria de vocês
bjZizi

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...