Renato, meu Reinato...



Um mês sem Renato, meu Reinato.   Como esquecer o inesquecível?  Uma de minhas metades... Pois é pai, sigo cantando do jeito que posso e tento manter a alegria  do carnaval de emoções que foi viver  ao seu lado.



"Ninguém é capaz de entender,
Se entende, não sabe explicar
Esta meiguice
Bendita,
Infinita
Que a raça brasileira
Traz no olhar.
Do índio, veio a mensagem
De resistências às opressões.
Do negro - o misticismo e a coragem.
Do branco, veio o verso de Camões.
Salve, salve, ó batuqueiro,
Esta miscigenação!
O Brasil - grande e altaneiro
E você que é meu irmão
Salve! Salve!
Pois, então
Vamos esquecer o passado,
Deixar tudo de lado,
Que hoje é Carnaval.
Vamos
E cantemos de novo
Que a praça é do povo
Que a praça é do povo
E o povo é Canal.
                      (Brasil, mistura de raças - Renato Goulart da Silveira - Carnaval de 1975)



Voltando... Minha ausência foi por opção de estar mais tempo ao lado do meu Reinato.

8 comentários:

✿ chica postou o comentário número:

Renata, não sabia! Sinto muito e essa saudade é grande. Fica bem, fiquem bem! bjs,chica

casa de professora postou o comentário número:

Sei que é difícil essa ausência, pois o tempo ainda é pouco...mas com o passar do tempo ela vai passando e eles ficam tão pertinho da gente, que até nos pegamos falando com eles...muito linda sua homenagem! Bjs!

Rô... postou o comentário número:

oi Re,

nossa quanto tempo não pulo essa cerca,
sinto saudades dos nossos encontros e bate papos,
parecíamos estar falando ao telefone...
sei bem como dói essa saudades,
só mesmo o tempo para ir acomodando esse turbilhão de sentimentos em nosso coração...
a saudades é eterna,faz 18 anos que estou longe do meu pai e a saudades está aqui,pertinho,morando comigo todos os minutos...

beijinhos

Calu B. postou o comentário número:

Renata,
receba meu abraço solidário e meus votos de que teu coração se nutra em doce saudade reavivando as caras lembranças.
Paz e bem.
Bjos,
Calu

Rosa postou o comentário número:

Muito lindo o rostinho do teu pai, deve te fazer muita falta... respira fundo, dá um suspiro, lembra dos momentos bons e segue vivendo, que ninguém vive prá sempre mesmo e um dia todo mundo se reúne, se Deus quiser... Se você for como eu, vai chorar "de vez em quando" prá sempre...
Beijos.

Linda postou o comentário número:

ola Renata,bem pra começar,você nem me conhece,mas me visita via email e eu te considero minha amiga te gosto muito,te mando um abraço de São Paulo,fica com DEus,e muitos bjos pra você...

Adriana postou o comentário número:

OI, AMIGA. Sinto bem o tamanho da sua dor... minha mãe se foi há 3 meses... o vazio que fica é imensurável... força pra nós.
bjs

Roselia Bezerra postou o comentário número:

Olá, querida Renata
Passando pra lhe desejar um fim de ano abençoado e novos dias de paz!!!
Bjm festivo

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...