Sonhar... Blogagem Coletiva #52semanasdegratidão



Parece mentira, mas já sonhei em ser caminhoneira. Tem uns sonhos muito doidos que acontecem no decorrer da vida da gente, a sorte é que Deus é Pai e a maioria deles não se concretiza. Não tenho nada contra ser caminhoneiro, mas não consigo me imaginar hoje tendo vivido essa história, embora tenha conseguido realizar meu sonho de dirigir caminhão. Na verdade ainda sou apaixonada por caminhões e curto a rmula Truck. Assisto sempre que posso na TV aos programas "Brasil Caminhoneiro" (SBT), O Pé na Estrada (Band) e outros que não são nacionais. Eu queria ter um caminhão, assim como também queria ter um trem (daqueles antigos) no quintal. Tudo impossível já que nem quintal eu tenho... Descobri que gostaria de ter essas coisas como "brinquedo".  


Sonhei em tocar piano estrada a fora, mas sonhava também em ter filhos e uma vida bem tranquila...

Estrada a fora encontrei um amor que não sonhava, passamos a sonhar juntos mesmo que os sonhos fossem diferentes. As filhas chegaram à medida certa dos sonhos... A vida nem sempre é tão tranquila, querer isso é devaneio.

A madeira do piano virou árvore. A "pianista" virou bióloga amante da música e sonhando voei.

Sonhava em não ter nada para fazer ou fazer tudo ao mesmo tempo. 

Sonhava morar em uma grande metrópole (no mínimo a cidade de São Paulo), hoje até onde vivo já acho cidade grande demais e desejo viver na cidadezinha da poesia de Mário Quintana...

                                                Cidadezinha cheia de graça…

                                                Tão pequenina que até causa dó!

                                                Com seus burricos a pastar na praça…

                                                Sua igrejinha de uma torre só.

—-

                                                Nuvens que venham, nuvens e asas,

                                                Não param nunca, nem um segundo…

                                                E fica a torre sobre as velhas casas,

                                                Fica cismando como é vasto o mundo!…

—-

                                                Eu que de longe venho perdido,

                                                Sem pouso fixo ( que triste sina!)

                                                Ah, quem me dera ter lá nascido!


                                                Lá toda a vida poder morar!

                                                Cidadezinha… Tão pequenina

                                                Que toda cabe num só olhar…



O melhor de tudo é me dar conta do quanto é imprescindível sonhar... E quando se tem um amor que sempre incentiva os nossos sonhos, onde é que isso vai parar? Ontem me vi procurando mudas de cambucá, cabeludinha, abiu e outras coisas do gênero na internet... Eu heim!!!! Sonha Guidinha, sonha...
Tenho uma amiga muito especial que conhece bem os meus sonhos. Sabe que ganhar uma jaca é um sonho pra mim. Olhem bem o que ganhei dela!!!! Carnaval consumindo dezenove quilos de sabor.










11 comentários:

SÔNIA R.B. postou o comentário número:

Renata:
Sonhar é bom até que dá certo.
Uma semana ótima.

Ana Maria postou o comentário número:

Que legal! Matei saudade. Esse poema de Mario Quintana, li pela primeira vez numa prova de português, acho que na sexta série. É lindo!
Também sou apaixonada por jaca, sempre ganho uma quando meu irmão vai pra roça. Com inteirinha sozinha!
Continue sonhando bastante. Os sonhos dão cor às nossas vidas!

Ipsis Litteris postou o comentário número:

Olá Renata, obrigada por palavras tão carinhosas lá no blog! Amei seu post, além de divertido, passa uma mensagem de muita esperança e gratidão. Sonhar é tão bom. Nos dá motivação. Menina, que jaca mais linda essa... você poderá dizer 'eu coloquei o pé na jaca' e não foi sonho. (rs). Bjs. Paz e Bem!
Obs:. Deixei recadinho pra vc lá no blog.

✿ chica postou o comentário número:

Que legal,Renata! E gostei dos teus mais diferentes sonhos...Mas também hoje gostaria dessa cidade do Quintana, só que se fosse bem como ela, mas numa praia! Lindo post! bjs, tudo de bom,chica

casa de professora postou o comentário número:

Bom dia Renata, como sempre, um lindo texto que nos remete a lugares perfeitos e seguros para os nossos sonhos de hoje, porque os de outrora, como você disse, nem espaço tem mais...bjs!

Maria de Lourdes postou o comentário número:

Olá Renata!
Nem me fale em sonho porque eu tinha umas manias que só Deus mesmo pra suportar e dar um chega pra lá nos meus sonhos sem fundamento nenhum. Hoje ainda sonho com muitas coisas, mas com o pé no chão. E sabe de uma coisa? feliz de quem tem a capacidade de sonhar. A jaca é linda, bom apetite.

Jô Turquezza postou o comentário número:

Oi Renata querida, que sonhos eram esses rsrsr
Sonhamos tantas coisas e depois achamos meio absurdas ....
Também tem aqueles que se realizam, não é?
Gosto de jaca dura, compota então, é divina!
Estou retornando aos blogs, que bom que você também.
Saudades de nossos encontros.
joturquezzamundial
Beijos.

Carol M postou o comentário número:

Alguns sonhos são só sonhos ... Mas muito acabam se realizando!
Muito bom podermos sonhar e principalmente realizar!
Ótima semana pra ti!
Bjinhos

Quel postou o comentário número:

Sonhar é importante e eles é que nos movem. Bjs.

Roselia Bezerra postou o comentário número:

Boa tarde, querida amiga Renata!
Desculpe-me ter demorado muito em passar mas cheguei em casa depois de um mês e fiquei sem net...
Jaca? Hum! Ainda bem que pude saborear um monte de gomos no sítio onde fiquei por uns dias... bom demais!
Sua cidade é deveras linda!
Bjm muito fraterno

Maria Teresa Valente postou o comentário número:

Boa noite, Renata, gratidão!
Só hoje vi um comentário seu em aberto, peço que me perdoe, estou aprendendo, mas minha lerdeza me supera...
Quantos sonhos, amiga! Me fez lembrar que durante um tempo eu queria comprar um ônibus, adaptar uma casa e viver na estrada...
Nunca vingou, porque gosto mesmo é de criar raiz...
Mas a jaca é especial, saboreie com prazer...
Felizes dias, abraços carinhosos
Maria Teresa

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...